Política, cultura e generalidades

sábado, 7 de fevereiro de 2015

RGT quer chamar Brasileirão de Brazilian League

Comentários para TV Magazine:

A falta de interesse pelo Campeonato Brasileiro no exterior fez com que a TV Globo preparasse uma série de medidas para a melhoria de seu produto, segundo informações do ESPN.com.br, por Marcus Alves.

Dentre elas, segundo documento encaminhado aos clubes, está a mudança no nome do campeonato: ao contrário de Brasileirão, ele passará a ser vendido como Brazilian League para reforçar, assim, o seu caráter nacional.

Outro argumento citado pela emissora para promover a alteração é a dificuldade dos estrangeiros em pronunciar o sufixo ão da nomenclatura anterior.

Não existe consenso entre os dirigentes em torno da alteração. Parte deles contesta a estratégia da detentora dos direitos de transmissão de apostar na imagem de atletas mais rodados para promover o futebol brasileiro. Em 2014, ela destacou Ronaldinho Gaúcho, Fred e Alexandre Pato.

A impressão é de que esse modelo apenas reforça a falta de renovação nos gramados locais.

A RGT acha que os gringos engolem propaganda enganosa, como os otários engolem neste país. Não podem chamar o campeonato de Brazilian League porque simplesmente no Brasil não há liga alguma promovendo campeonato nacional. Aqui temos apenas um arremedo de liga chamado Clube dos 13, que não promove campeonato algum. Seus integrantes e os demais clubes só disputam os famigerados campeonatos da CBF: Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Quanto à questão de eliminar o sufixo -ão, isso é subserviência para atender à preguiça gringa. Lembra o Kid Abelha mudando o nome para Kid para tentar conquistar o mercado latino-americano, omitindo o sufixo -lha, e Chitãozinho & Xororó fazendo a mesma coisa, mudando o nome para Jose y Durval para omitir o sufixo -inho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário