Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Niilistas e etéreos no apoio ao Partido Novo

Primeiro partido de fato e assumidamente liberal econômico surgido no país em décadas, o Partido Novo não enfrenta apenas quem discorda do liberalismo econômico e os ministros do TSE que barram o registro do partido. O Novo tem um discurso ainda etéreo demais. E ainda pode estar sendo atrapalhado por uma série de simpatizantes e possíveis futuros filiados. A ânsia de apoiar algo diferente desse quadro partidário que está aí está fazendo essa gente se precipitar, partindo para atitudes etéreas e até niilistas. Basta ver o que esses caras andam dizendo nos espaços de debate promovidos pelo partido.

Ou esses caras tomam jeito ou o Partido Novo, que pretende ser a terceira via da política nacional, acabará apenas polarizando com o PSTU. Que, assim como o Novo, não tem deputados federais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário