Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Grandes grupos midiáticos subservientes ao Estado prontos para serem atingidos exatamente pelo Estado

Resposta para TV Magazine:

Historicamente a Globo e a Band sempre foram subservientes ao Estado. Não necessariamente ao Governo de plantão, ainda mais o atual. Embora o Governo tenha que atuar necessariamente dentro do Estado, são duas coisas distintas. O Governo é algo que começa e acaba, e pode ser substituído periodicamente por outro Governo, ou a qualquer momento em rupturas institucionais. Enquanto que o Estado só não é permanente na utopia dos anarquistas e dos anarcocapitalistas.

Uma intervenção do Estado no poder global e no bandiano não deixaria de ser uma merecida ironia para quem sempre viveu pendurado no Estado.

Como não mexerão no poder universal, esse projeto está fadado cair sozinho. Por falta de credibilidade e evidente parcialidade. A credibilidade desse projeto é a mesma dos grupos midiáticos que pretende atingir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário