Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Estupidez sem limites: Shimon Peres propõe ao Papa a criação de uma “ONU das Religiões”

Resposta para Fratres in Unum:

Esta é uma proposta bizarra até mesmo sob o ponto de vista estritamente político. Como já foi dito, a ONU é um colegiado de estados nacionais (na verdade, de países), com exércitos incluídos e a seu serviço. O Estado do Vaticano integra a ONU, mas é com certeza o que tem a menor tropa: a Guarda Suíça, com uns 135 soldados que mal dão conta de proteger o Papa. Vide os papas baleados, feridos e assassinados ao longo da história. Uma "ONU das religiões" com apenas um líder comandante-em-chefe de tropa armada (e mesmo assim um mero corpo de guarda) seria motivo de piada para terroristas de toda ordem.

Uma vez, ao ouvir uma crítica de um Papa, Stalin perguntou aos seus interlocutores: "Quantas divisões tem o Papa?".

Nenhum comentário:

Postar um comentário