Política, cultura e generalidades

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Às vésperas do fim da água em São Paulo, Paulo Batista acabará apontando seu raio privatizador para a Sabesp

Resposta para Correio do Brasil:

Não demora o Paulo Batista aparecerá naquelas animações da campanha eleitoral na TV paulista apontando seu raio privatizador para a Sabesp. A campanha acabará nesta semana.

Na verdade, nenhum monopólio, cartel ou oligopólio presta. Nem estatal nem privado.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Colhendo para o futuro

Eu não tenho a menor esperança no resultado desta eleição. Mas tenho esperança em coisas que estão sendo plantadas fora desse mundinho podre da política partidária atual. Tomara que vivamos para colher os frutos para quem planta e para quem mais merecer.

domingo, 28 de setembro de 2014

Coerência: amigo socialista declarou voto na Marina Silva

Um amigo sem filiação partidária disse nesta semana passada que eu (que não sou filiado a partido algum e não declaro voto) e um amigo filiado do PSB e eleitor de Marina Silva somos de direita. Agora ele mesmo declarou voto pra MARINA!

Só quando eu entrar de férias em novembro estudarei esta eleição de 2014 pra, quem sabe, talvez entender essa joça.

Ah, o amigo sem filiação partidária é socialista. Votará na candidata do PSB. Tudo em casa.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Nichos locais sustentam mercado fonográfico

Resposta para Whiplash:

O que sustenta o mercado fonográfico hoje em dia não somos nós, leitores do Whiplash. Nós compramos CDs de medalhões do rock e de artistas independentes. Mas os medalhões da atualidade vivem de direitos autorais e de venda de ingressos e memorabilia. Do U2 ao Coldplay. Os CDs independentes são vendidos em uma quantidade residual de cópias, que sustentam apenas as próprias gravadoras independentes (quando há) e as fábricas. Se os CDs independentes são lançados sem gravadora, os artistas vendem praticamente pelo preço de custo, como forma de divulgação e para formar currículo (a discografia). O que sustenta a indústria fonográfica hoje em dia não são mais os campeões mundiais de outrora, que vendiam milhões de discos no mundo todo. São nichos locais. Como os artistas pop japoneses, que só vendem CDs para os consumidores do Japão. Ou como os nomes do sertanejo universitário e da música gospel (evangélica ou católica), no Brasil. Enquanto assisto os executivos da indústria fonográfica em pânico, ouço os últimos espasmos da indústria fonográfica, como os novos CDs dos Titãs e dos Ratos de Porão. E ouvindo os CDs originais. Nada de baixar MP3. Também aguardando o novo do U2 chegar nas lojas...

domingo, 21 de setembro de 2014

Garotinho x Globo: Todo mundo tem telhado de vidro nessa joça

Recado aos internautas de plantão: eu sou mais informado do que vocês pensam. Eu vi o vídeo do Garotinho citando denúncias de órgãos públicos contra a Rede Globo. Não precisam entupir minha linha do tempo com esse assunto que fiquei sabendo no dia em que a entrevista foi ao ar.

Todo mundo tem telhado de vidro nessa joça. Tanto a Globo como o Garotinho. Deixemos que se apedrejem. Quero ver de camarote. Se tiverem algum material novo para me enviar, agradeço. Este já vi.

domingo, 14 de setembro de 2014

A Disney pode ferrar a franquia Star Wars

Comentários para Conselho Jedi Rio de Janeiro no Facebook reproduzidos aqui:

Os amigos hão de respeitar meu ceticismo. Não confio na Disney com relação à franquia Star Wars. Talvez mude de parecer depois de assistir o Episódio VII. Eu disse talvez. Tem que ser um filme totalmente poderoso pra eu mudar de ideia.

Eu vejo alguns protagonistas da série Rebels e percebo a influência da Disney naquela joça. Não tenho saco pra ver, nem via torrent. Estão simplesmente continuando a (lamentável) linha de George Lucas, que já tinha criado a Ahsoka Tano para o The Clone Wars, outra personagem tipicamente Disney sem ser ainda da Disney. George Lucas foi um gênio nos anos 1970. Depois, não mais.

O tratamento da Disney com o Universo Marvel foi mais respeitoso. Apesar de algumas derrapadas nos filmes Homem de Ferro 3 e Thor 2.

Há uma possibilidade de a Disney fazer algo tão decepcionante com esses novos filmes e seriados da franquia Star Wars que é capaz de decepcionar também na arrecadação. Aí a Disney vai colocar a franquia inteira em alguma gaveta empoeirada naquele famoso castelo que aparece nas aberturas dos filmes da Disney.

Pelo menos o Senado americano tratou de arquivar o Episódio V em sua famosa biblioteca. Para preservar pelo menos a obra-prima da saga Star Wars para a posteridade.

sábado, 13 de setembro de 2014

Sobre os militontos que classificam Joaquim Barbosa como 'macaco' e 'capitão do mato'

Este ano, teve clube de futebol eliminado de campeonato nacional porque teve torcedores seus chamando goleiro de time adversário de 'macaco'.

O que fazer com partidos que tem militantes que chamam Joaquim Barbosa de 'macaco' e 'capitão do mato'? Elimina da eleição? Cassa o registro no TSE?

Cartas para a redação!

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Presidentes da República não são eleitos apenas em um estado

Pesquisas de intenção de votos para presidente da República feitas em apenas um estado só servem pra uma coisa: direcionar a campanha dos candidatos especificamente nesses estados. Pro eleitorado em si, essas pesquisas são inúteis. Que eu saiba, presidentes da República são eleitos em todo o pais. Não apenas em São Paulo, apenas em Minas Gerais ou apenas no Rio de Janeiro.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Eleitorado de Pastor Everaldo rejeita o 'Estado mínimo', segundo o Datafolha

Comentários para Folha de São Paulo publicados no Facebook:

Pastor Everaldo é, no mínimo, um neófito em política. Será que ele achava que o krent brasileiro é igual ao krent americano, que é efetivamente conservador-liberal econômico? O krent brasileiro está mais próximo do velho patrimonialismo brasileiro. Os mais radicais sonham com um Estado teocrático. O krent brasileiro só não é estatólatra como os comunistas porque diz adorar somente a Jesus e porque, afinal de contas, o comunismo pressupõe ateísmo.

Pastor Everaldo terminará polarizando esta eleição com o Zé Maria, enquanto Aécio polarizará com Luciana Genro.

Não tem Tea Party no Brasil. Se tem, só tem na Rede Globo, que acabou com o seriado Aline no meio da segunda temporada.

domingo, 7 de setembro de 2014

Em resposta, conservadores e liberalistas econômicos começam a ocupar o Estado

Resposta para Luciano Geronimo publicada no Facebook:

Luciano Geronimo

Tem que ter paciência. A direita está onde a esquerda brasileira estava em 1950, com o agravante de que não tem uma potência estrangeira para apoiá-la. Tem coisas que simplesmente não dá pra fazer rápido, se jogar pra cima de um inimigo muito mais organizado e preparado que você é pedir pra se matar.

O que o direitista comum pode fazer? Ocupar espaços. Fazer concurso publico e começar a infectar a máquina estatal, mesmo que isso vá contra as idéias dos libertários. Infectar pouco a pouco as escolas. Fazer arte direitista. Processar esquerdistas sempre que possível. Ação política antes disso tudo é muito esforço pra pouco resultado.

No passado os comunistas e os anarquistas trabalhavam nas fábricas e empresas privadas, enquanto se organizavam entre os seus companheiros. Até hoje alguns trabalham nessas empresas.

O processo inverso começou: liberais econômicos e conservadores começam a ocupar o Estado. E não é com favorzinho ou conchavo de presidente, de governador ou de prefeito algum. É por concurso, mesmo. E pra trabalhar. Um dia será o da virada. Ainda que não seja para as atuais gerações... Quando a corja perceber, será tarde.

Outro dia mesmo vi um imbecil lulista chamar um servidor federal de "concursado coxinha agente da CIA". Melhor elogio não há!

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Estupidez sem limites: Shimon Peres propõe ao Papa a criação de uma “ONU das Religiões”

Resposta para Fratres in Unum:

Esta é uma proposta bizarra até mesmo sob o ponto de vista estritamente político. Como já foi dito, a ONU é um colegiado de estados nacionais (na verdade, de países), com exércitos incluídos e a seu serviço. O Estado do Vaticano integra a ONU, mas é com certeza o que tem a menor tropa: a Guarda Suíça, com uns 135 soldados que mal dão conta de proteger o Papa. Vide os papas baleados, feridos e assassinados ao longo da história. Uma "ONU das religiões" com apenas um líder comandante-em-chefe de tropa armada (e mesmo assim um mero corpo de guarda) seria motivo de piada para terroristas de toda ordem.

Uma vez, ao ouvir uma crítica de um Papa, Stalin perguntou aos seus interlocutores: "Quantas divisões tem o Papa?".

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Debates presidenciais para poucos verem

Resposta para Blog do Coronel publicada no Facebook:

Sem querer ser chato, mas já sendo, digo que nenhum desses debates atrairá a atenção da audiência neste país de milhões de pessoas interessadas apenas em futebol, carnaval, samba, praia e bunda de fora. O debate da Band já foi tarde da noite. Esse debate do SBT feito nesse infame fim de horário comercial é só pra telespectadores assíduos das novelas cucarachas do SBT e da Televisa. O da Record deverá ir ao ar tarde da noite, também. O da CNBB (a ser transmitido por TVs católicas) deverá atrair apenas a audiência de bispos CNBBistas e de carismáticos, que já andam piscando os olhinhos para dona Marina. Além do pessoal da Teologia da Libertação, fundadores e aliados históricos do PT. Já o debate da tida como líder Globo só irá ao ar no último dia de campanha eleitoral, depois do horário eleitoral e da novela das nove que acaba quase às onze da noite. O debate mesmo acabará depois da meia noite.

Candidato que não tem tempo nem apoio de TV tem mais é que ir pra rua e pra Internet.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Carismáticos ameaçam marinar

Depois que chegamos ao fundo do poço nestas eleições presidenciais (algo descrito ontem aqui), chegou a tropa que cavará o fundo do poço para irmos mais fundo ainda. Segundo o jornal O Dia, alguns carismáticos ameaçam marinar. Ou seja: embarcar na campanha eleitoral da presidenciável socialista Marina Silva. Isso depois de terem apoiado presidenciáveis tucanos em eleições passadas (Geraldo Alckmin que o diga) e de alguns até terem apoiado Dilma Rousseff em 2010.

Nessa aventura marineira, esses carismáticos podem acabar levando até o apoio dos rivais das CEBs, fundadores e aliados históricos do PT, ex-partido de Marina Silva e atual partido da incompetenta candidata à reeleição.

Só orando muito para pedir perdão a Deus por eles. Só não vale orar na língua dos anjos caídos, que é o que mais os carismáticos fazem.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Candidatos a Presidente da República em 2014

Uma presidenta incompetenta (tudo acabando com A, mesmo);

Uma candidata melancia: verde por fora, vermelha por dentro;

Um tucano vacilante, apagado, que acena para todos os lados, como também fazem a presidenta incompetenta e a melancia;

Um 'democrata cristão' que não confia no protagonismo privado no mercado produtivo;

Um sósia do Sr. Spacely (o patrão do George Jetson) com tendências megalomaníacas;

Um pastor que não tem apreço algum pelo caráter laico da República brasileira (que, ironicamente, possibilitou o crescimento da igreja evangélica);

Um candidato verde que tem a vice do prefeito ACM Neto como sua candidata a vice-presidente;

E, por fim, a fauna e a flora da ultra e da extrema esquerda nacional: 50 Tons de Vermelho. Dá para juntar estes com os verdes e a incompetenta.