Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Mercados evangélico e católico dão sobrevida às grandes gravadoras

Resposta para Genizah:

A Sony Music e a Som Livre tem divisões gospel. Logo logo a Universal Music montará a sua. Só que a Universal Music preferiu se aventurar primeiramente no segmento católico. Quando ainda se chamava PolyGram, foi a gravadora que lançou os primeiros CDs de música do Pe. Marcelo Rossi, inclusive o primeiro e mais vendido, Músicas para louvar ao Senhor. Hoje a Universal Music tem um contrato de distribuição de alguns discos da gravadora católica Codimuc, e o único selo gospel da Universal Music está vinculado à EMI americana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário