Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 30 de junho de 2014

O pessoal reclama demais do Detonator

Resposta para Whiplash:

O pessoal reclama demais do Detonator. O personagem não foi feito pra ser levado a sério. É um trabalho humorístico do Bruno Sutter. O cara lida com clichês de várias coisas, desde o metal ao brasileiro médio (quer coisa mais clichê que traje imitando o uniforme da CBF?).

Mesmo sendo clichê e não se levando a sério, Bruno Sutter consegue ser mais sério que muitos pseudo-humoristas, inclusive da TV. Até hoje não o vi destratando nordestinos ou dizendo que "comeria" o filho pequeno de alguém, como alguns estrupícios fizeram por aí.

No que diz respeito à cultura brasileira, tem mais é que ser valorizada. Mesmo num trabalho humorístico como o do Detonator. Ainda mais num gênero há vários anos naturalizado, como o metal. Se o Bruno se aprofundar na cultura brasileira, não faltará assunto.

domingo, 29 de junho de 2014

Sobre as vaias ao hino do Chile ontem no Mineirão, antes da partida Brasil x Chile na Copa 2014

Fonte: Facebook.

Luciano Vândalo

os revoluciotarios reclamando q vaiamos o hino do chile, mas se o jogo fosse contra os estados unidos ae poderia vair ne??

o futebol nao precisa da opniao de vcs!!

Marcos Vinicius Mesquita

Respeitamos a execução do hino deles. As vaias foram a partir de quando foram cantar a capela na nossa casa.

Se querem diplomacia vão a um consulado.

Futebol é pressão é vaia e xingamento ao juiz, adversário e até a presidente incompetente

Marcelo Delfino

Prefiro dizer que vaiaram presidenta incompetenta. Só pra sacanear a novilíngua "pogreçista".

sábado, 28 de junho de 2014

Quando a vaidade suplanta o atleta

O atleta-galã do Real Madrid e da Seleção da FPF (a CBF de Portugal) não poderia voltar para Madrid sem sua indicação para concorrer ao Troféu Tolo do Ano. Além de acreditar que poderia levar sozinho o escrete lusitano para algum lugar da Copa 2014 além da fase de grupos, o homem não deixa de ser marrento e de aparecer mais como modelo (fisicamente falando) do que como futebolista que é.

Comentam que o escrete lusitano teria ido mais longe nesta Copa 2014 se tivessem retirado os telões dos três estádios onde a Seleção da FPF jogou. Como não tiraram, Cristiano Ronaldo ajeitava o cabelo toda vez que aparecia nos telões. Deu no que deu.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Primeiros candidatos da Copa 2014 para o Troféu Tolo do Ano

Pensavam que a Copa 2014 não teria seus candidatos ao Troféu Tolo do Ano? Os dois primeiros indicados são gringos. O primeiro é o treinador alemão Joachim Löw, flagrado pelas câmeras comendo meleca do próprio nariz durante uma das partidas da Copa. O segundo é o atacante Luis Suárez, da Seleção da AUF (a CBF do Uruguai), que mordeu um adversário italiano na última terça-feira, na partida Itália x Uruguai, na Arena das Dunas.

Do jeito que acontecem coisas bizarras nessa Copa, não está descartada a inclusão de mais indicados nos próximos dias e semanas.

Quando os dissidentes viram adesistas

Postado no Facebook:

Marcos Vinicius Mesquita

Alguém aí percebeu que logo após Dilma soltar o "decreto bolivariano" que cria a Política Nacional de Participação Social - PNPS e o Sistema Nacional de Participação Social; TODA A ESQUERDA parou de latir? Até o PSOL passou a se posicionar contrário a mais protestos contra a copa, pois já é tarde.

Perceberam?

Marcelo Delfino

Que eu saiba, a esquerda dissidente não deixa de ser esquerda só porque se tornou dissidente do lulismo. Se o lulismo abre as portas para o projeto revolucionário, dissidentes viram adesistas.

Marcos Vinicius Mesquita

Tem gente que é iludida Marcelo Delfino que ainda cai no conto do Guarani Kaiowá Freixista.

Marcelo Delfino

Tem até gente que parou de fazer blogue "pogreçista" pra se juntar ao Papa Francisco na torcida por Messi & Cia na Copa 2014. O Papa que a corja afirma ser ex-colaborador da ditadura argentina. Nenhuma palavra sobre o projeto revolucionário lulo-dilmo-petista.

Os adesistas fisiológicos do lulo-dilmismo também não falam nada. Estão ocupados demais em garantir cargos de confiança em troca de minutos no rádio e na TV para a campanha reeleitoral. Mas o expurgo lulo-stalinista há de chegar.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Brasil: portas abertas até demais

Autor: Jurandir D'Almeida. Extraído do Blog do Coronel.

A BURRICE É UMA CIÊNCIA ?

No Brasil com certeza é!

- Se atravessar a fronteira da Coreia do Norte ilegalmente, será condenado a 12 anos de trabalhos forçados.

- Se atravessar a fronteira do Irã ilegalmente, será detido sem limite de prazo.

- Se atravessar a fronteira do Afeganistão ilegalmente, será alvejado.

- Se atravessar a fronteira da Arábia Saudita ilegalmente, será preso.

- Se atravessar a fronteira chinesa ilegalmente, nunca mais ninguém ouvirá falar de você.

- Se atravessar a fronteira venezuelana, será considerado um espião a serviço dos EUA e o seu destino está traçado.

- Se atravessar a fronteira cubana ilegalmente, será colocado no paredão e fuzilado.

- Se atravessar a fronteira americana ilegalmente, será preso e deportado para o seu país.

Mas, se você entrar por alguma fronteira do BRASIL ilegalmente ... receberá prontamente:

- Um abrigo;
- Um trabalho;
- Carta de motorista;
- Cartão Cidadão (INSS) de Saúde;
- Segurança Social;
- Crédito Familiar;
- Cartões de Crédito;
- Renda de casa subsidiada pela CDHU (em São Paulo, nota deste blogue) ou empréstimo bancário para a sua compra;
- Escolaridade gratuita;
- Serviço Nacional de Saúde gratuito;
- Se for de esquerda, chance de um emprego no governo federal;
- Será enquadrado no sistema de cotas e excluirá um brasileiro;
- Poderá ser um representante no Parlamento;
- Poderá votar, e mesmo concorrer a um cargo público;
- Ou até mesmo fundar o seu próprio partido político!
- Receberá mensalmente Bolsas-ESMOLAS;
E, POR ÚLTIMO, MAS NÃO MENOS IMPORTANTE:
- PODERÁ SE MANIFESTAR NAS RUAS E ATÉ QUEIMAR A NOSSA BANDEIRA!

Mas, se eu quiser impedi-lo, serei considerado politicamente incorreto!
Sem dúvida que parece irreal, mas é a mais pura das verdades!
O pior de tudo: somos nós os burros que pagam essas contas!


Ruy Barbosa tinha razão quando dizia:

"Há tantos burros mandando em homens de inteligência, que às vezes fico pensando, se a BURRICE não será uma CIÊNCIA."

terça-feira, 24 de junho de 2014

Os candidatos a presidente coxinha

O Brasil já teve presidente bossa-nova e presidente mauricinho. Aécio NevesEduardo Campos e Pastor Everaldo querem ser o presidente coxinha.

Fico imaginando se um dia a geração coxinha chegará ao poder. Se bem que, no caso do Aécio, ele poderia alegar ser presidente pão de queijo, não presidente coxinha.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Estupidez, seu mundo é irreal...

Comentário extraído do Facebook:

A verdade é que a estupidez e a infantilidade tomaram conta do Brasil, no debate de qualquer assunto. Vejo gente defendendo infantilmente rádios roque, gente defendendo a cultura de cabresto com teses, monografias, livros, artigos, matérias, documentários e filmes (estes com selinhos de estatais e da Globo Filmes, naturalmente), gente chamando a Sele$$ão da CBF de "Brasil", gente trocando foto pessoal no Facebook por foto do Messi ou bandeira de país estrangeiro, gente classificando discordantes como petralha, tucanalha, vermelhinho, reaça, comuna safado, conserva, estatista, privateiro, censor, golpista...

E o otário eleitoral nem começou.

Viva a MP3 FM!

domingo, 22 de junho de 2014

Será que há petistas cariocas torcendo pela seleção argentina?

Há alguns meses atrás, o prefeito Eduardo Paes disse que se matará se a seleção argentina for campeã da Copa 2014.

Por conta disso, será que tem petistas cariocas torcendo pelo título argentino e pela futura posse do novo prefeito, o cumpanhêro Adilson Pires? Se tiver, o que os outros petistas dirão sobre esses cumpanhêros cariocas? Dirão que são coxinhas, antipatriotas, reaças, conservas, golpistas ou globistas?

sexta-feira, 20 de junho de 2014

O regime extremista brasileiro

Resposta para Raphael Tsavkko publicada no Facebook:

Ao meu ver, já temos um regime extremista a ser rejeitado. O blogue Governismo mostra desde o início o nível de fanatismo dessa gente que só conhece uma linguagem: "se não está conosco, é nosso inimigo". O regime também se alia ao extremismo krent, como o Tsavkko informa há anos. Embora cortejem os krents, o Deus dessa gente não é Jesus, a quem os krents dizem servir. É aquele escolhido como Deus por aquela senadora paulista.

Os candidatos ruins citados por Tsavkko, uma vez na Presidência, trariam uma vantagem ao país: os militantes de movimentos sociais cooptados pelo atual regime passariam automaticamente para a oposição, voltando a ser atuantes, não pelegos.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Cai a farsa do Padrão FIFA

Vários problemas estão acontecendo nos estádios da Copa 2014, cuja administração (e até a soberania territorial) foram entregues à FIFA. Banheiros e bebedouros sem água, comida nas lanchonetes acabando no intervalo, bebidas geladas (como refrigerantes) servidas quentes, voluntários em serviço no Estádio Mané Garrincha recebendo comida estragada nas refeições, segurança derrotada por invasores chilenos no Centro de Imprensa do Maracanã...

Enquanto isso, nas ruas, manifestantes pedem educação padrão FIFA, saúde padrão FIFA, segurança padrão FIFA... Melhor parar com isso, gente. Porque a saúde, a educação e a segurança nacionais JÁ estão no padrão FIFA. O Brasil precisa de um padrão melhor.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Renascer tem mais de 500 ações de despejo em São Paulo

Respostas para Genizah:

André Peixoto

Pior que atrapalha o trabalho sério de muitas igrejas que ao procurarem imóveis existe a restrição de que não se aluga para igrejas.

Estes e outros fazem muita vergonha para a Igreja de Cristo.

Por causa dessa lambança, estão deixando de alugar imóveis para igrejas. Por enquanto, a reação é só essa. Quero ver quando deixarão de alugar horários no rádio e na televisão, e alugar emissoras inteiras.

Confira ações judiciais contra a Renascer no portal do TJ-SP.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Filho pródigo e incorrigível

Autor: Percival Puggina. Texto enviado para este blogue.

No Evangelho de São Lucas, Jesus narra uma história que se tornou, provavelmente, a mais conhecida dentre todas as suas parábolas. Ela descreve a experiência de um filho que pede ao pai rico a antecipação de sua herança. Com a grana na mão, ele viaja para um país distante, cai na vida, afunda nos vícios, gasta tudo que tem e experimenta o sabor da mais irrecorrível miséria (vem daí o adjetivo pródigo, ou seja, esbanjador, gastador, associado a esse personagem). Gradualmente, porém, ele se arrepende, decide retificar sua conduta e retorna à casa do pai, a quem pede e de quem recebe efusivo perdão.

Tem muita razão o jornalista Eugênio Bucci, em artigo publicado no Estadão no dia 12 deste mês. Segundo ele, embora a presidente Dilma e os governistas acusem a oposição de explorar politicamente o evento da FIFA, foram os governos petistas que confundiram futebol com política e eleição desde que se dispuseram a oferecer o país para a realização da Copa de 2014.

É bom recordar. Logo no início, Lula faturou os abraços e as lacrimosas efusões de alegria perante a - assim proclamada - conquista. Depois, explorou as escolhas das sedes da Copa, aumentando em cinquenta por cento, sem necessidade alguma, os teatros em que ela se desenrolaria. Bastavam oito sedes, mas Lula quis 12 para faturar em mais quatro Estados os dividendos eleitorais que disso adviriam. Depois, junto com Dilma, aproveitou politicamente, anúncio por anúncio, as "obras da Copa" voltadas para mobilidade urbana, aeroportos e infraestrutura.

Custou a cair a ficha. Passaram-se seis anos inteiros, ao longo dos quais o governo petista reinou com a convicção de que poderia fazer o que bem entendesse no país. O PT se tornou o novo Príncipe de Machiavel, com a vantagem de estar com os cofres cheios de dinheiro para usos e abusos. O partido do governo se fundiu e confundiu com o Estado, com o governo, com a administração pública federal e com as empresas estatais. Como é fácil, na política, a vida dos endinheirados inescrupulosos!

Foi em junho do ano passado, quando entramos na contagem regressiva para os jogos da Copa, que a ficha começou a cair e a nação passou a compreender o quanto haviam sido absurdos e abusivos os custos, os gastos, as exigências e as concessões feitas pelo governo petista. O escandaloso contraste entre o "padrão FIFA" e a realidade social do país, a tenebrosa situação do sistema de saúde e a péssima qualidade do ensino público, levou o povo às ruas nos protestos de junho de 2013. E produziu a impressionante reação popular ante a presença da presidente Dilma no jogo inaugural da Copa.

No entanto, vale o alerta: no poder, o governo petista conta com o dinheiro de todos nós e nada - absolutamente nada! - sugere que vá arrepender-se, ou mudar de conduta. Para o PT, cair em si significa fazer mais do mesmo. E vem aí a outra "conquista" desse filho pródigo da ingenuidade nacional - os Jogos Olímpicos de 2016. O PT é um filho pródigo incorrigível, que precisa ser mantido a quilômetros de distância dos recursos públicos.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Esquerda brasileira nasceu para ser oposição

Digo isso categoricamente pela observação que faço dos esquerdistas, tanto do meu círculo de amizades como dos esquerdistas do quadro político e dos movimentos sociais. São pessoas excelentes para comentar assuntos variados como mídia, imprensa, cinema, literatura, música, etc. Também são excelentes para convivência e amizade, se não entrarmos em pormenores políticos. Invariavelmente, escrevem bons livros e bons textos, fazem bons filmes e compõem e gravam boas músicas. Na política, são excelentes para fazer oposição. Fazem um barulho infernal contra os desmandos governamentais.

No entanto, uma vez governando União, estados e municípios, esses excelentes escritores, jornalistas, blogueiros, cineastas, atores, cantores, compositores e músicos fazem uma cagada atrás da outra. Enfim, são muito bons de conversa, mas governar que é bom... Se parecem muito com aquele presidenciável que mete medo neles, que vive sugerindo: "Vamos conversar".

E ainda governam seguindo vários cânones da direita, notadamente a que apóia o Capitalismo de Estado, em vigor neste país desde a Era Vargas. A direita também tem seus artistas talentosos (citei vários aqui no blogue, há anos atrás), também é boa de conversa e também é ruim de governo. Mas observo que, no caso dos bons artistas na direita, estes são exceção, não regra.

Se for pra esquerda governar como a direita, não é melhor deixar a direita original no lugar? Pelo menos seremos mais fortes na resistência. É muito mais fácil achar companhia para criticar um governo de direita. É cult. Difícil é criticar figurinhas carimbadas da esquerda que estejam no poder. Pega mal diante dos descolados de toda ordem.

domingo, 15 de junho de 2014

Ainda sobre os xingamentos contra Dilma Rousseff no Itaquerão


Resposta para Carlos Dias e Adriana Filgueira no Facebook:

Esses xingamentos contra a presidenta incompetenta são coisa de gente que tem dinheiro, mas não tem educação para mostrar discordância de uma forma irrefutável. Aliás, todos os que governam ou governaram este país, os estados ou os municípios tem responsabilidade pela falta de educação neste país. Educação é perigoso. A pessoa fica sabida, começa a ficar questionadora, e isso é uma ameaça à corja no poder.

Obviamente a ultra esquerda pode dizer que não tem nada com isso, porque nunca governou o país. Mas esses são vítimas do expurgo stalinista-lulo-petista. Estão ideologicamente ligados ao início daquele partido fundado no ABC no início dos anos 80.

sábado, 14 de junho de 2014

Foi um erro fazer ponderações sobre o Rosa de Saron e mexer com a "nação rosariana"?

A julgar pelas respostas que tive para o texto Novo CD do Rosa de Saron com tiragem maior que novo CD dos Titãs (na versão escrita para o blogue Órfãos da Kiss FM 91,9), foi um erro, sim. Devia ter ficado quieto no meu canto e não fazer comparações dos Titãs com o Rosa de Saron. Não tenho o tempo sobrando que os rosarianos tem para dispender em uma defesa em bloco intransigente da banda que, ao meu ver, atualmente forma fãs, não cidadãos cristãos com uma vida renovada, que era o objetivo inicial da evangelização da banda. Na verdade, a vontade que tenho é deixar os rosarianos escrevendo sozinhos, já que o blogue continuará aberto para comentários, como sempre teve. Devido à controvérsia provocada pela banda (principalmente por Guilherme de Sá no Encontro com Fátima Bernardes) e pelos fãs, não pretendo dedicar novas postagens a assuntos que envolvam o Rosa de Saron no blogue Órfãos da Kiss FM 91,9. Aliás, bem fazem as emissoras restantes da rede, que acredito que não toquem Rosa de Saron na programação. Nem mesmo as músicas clássicas da banda, ainda com o vocalista Marcelo Machado. É melhor a única rádio classic rock do Brasil não se envolver nisso.

Os rosarianos elogiam o atual trabalho do Rosa de Saron e até pedem resenha pro CD novo da banda.

Não sei se o CD do Rosa de Saron merece uma resenha. Depois da saída do primeiro vocalista Marcelo Machado, os únicos bons CDs de estúdio que a banda lançou foram o Depois do Inverno e O Agora e o Eterno. Este novo Cartas ao Remetente e os demais da atual formação são praticamente CDs de dadaísmo gospel. CDs com muita pretensão, muito rebuscados e sem sentido preciso. Uma temeridade para uma banda de um segmento tão panfletário quanto o que a banda integra.

Boas letras o Rosa de Saron sempre teve. O problema é que a atual formação escreve letras que dariam certo em livros, não em música.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

PlayTV acabará virando PrayTV

A fonte da notícia é confiável, porque na guia de programação da NET o programa evangélico Posso Crer no Amanhã já aparece de segunda a sexta, de 8:00 a 8:30 horas, e outro programa da Igreja Cristo Vive, A Revelação do Novo Pacto, de 8:30 a 9 horas.

Fonte: TV Magazine.

Mais essa: PlayTV terá programação evangélica em junho

Postado em: 17/05/2014 às 22:39

Autor: asabinoOffline

Depois de invadir a TV aberta, agora é a vez da TV paga receber esta praga, eu vi este anúncio no Facebook e gostaria do fundo do coração que fosse um engano. ELES ESTÃO INVADINDO TUDO, NÃO SOBRARÁ NADA!!!

Primeiro foi o Rádio AM, depois o Rádio FM, depois a TV aberta e agora a TV paga. E imposto que é bom nada não é?

Vai chegar o dia que nem TV por assinatura poderemos ver, aí só sobrará a internet (ou não)



No post as imagens estão juntas e com o texto abaixo:

GLÓRIAS A DEUS A PARTIR DE 01/06/14, A GRAÇA DE DEUS MAS PERTO DE VOCÊ, SERÃO MAS 06 PORTAS PODEROSAS DE DEUS PARA ABENÇOAR TUA VIDA, TUA FAMÍLIA E TEU MINISTÉRIO.

Ou seja: é quase certo isso.

Se deixarem, a TV do Lulinha acabará virando PrayTV.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Novo CD do Rosa de Saron com tiragem maior que novo CD dos Titãs

Eis um retrato fiel do combalido mercado fonográfico: a tiragem inicial de dois CDs de bandas de rock brasileiras lançados pela mesma gravadora: a Som Livre. O CD Nheengatu, dos Titãs, saiu com tiragem inicial de 20 mil cópias. Já o CD Cartas ao remetente do grupo católico Rosa de Saron saiu com tiragem inicial de 30 mil cópias.

Ou então, vai ver isso é resultado da longa série de CDs medianos que os Titãs lançaram depois do Acústico MTV. Ou resultado da maior quantidade de fãs fiéis (fiéis em todos os sentidos) que o Rosa de Saron tem. Ou então é tudo isso ao mesmo tempo agora. Como diziam os Titãs em outro CD.

Por sinal, estou devendo uma resenha para esse excelente CD Nheengatu dos Titãs. Não é padrão FIFA. É bem melhor: padrão Cabeça Dinossauro e Titanomaquia. Fica para outro dia.

domingo, 8 de junho de 2014

Segmentação do rádio brasileiro dando vexame diante dos turistas

Os turistas estrangeiros estão chegando. Desta vez, não para a virada de ano ou para o Carnaval. Agora os turistas que chegam são aqueles interessados no futebol mundial, quase todos interessados na Copa do Mundo, a ser realizada nos próximos dias neste país.

Até mesmo esses turistas futeboleiros não devem vir aqui unicamente para assistir as partidas da Copa. Não haverá partidas nas 24 horas do dia. E nem esses turistas virão aqui pra ficar vendo VT de partidas da Copa. Eles também buscarão atrações turísticas e locais de diversão não relacionados ao futebol. Opções não faltarão nas cidades turísticas que visitarem.

Complicado mesmo será esses torcedores ouvirem boa música no mal e porcamente segmentado rádio brasileiro. Tirando o dial paulistano, não há uma segmentação autêntica no rádio brasileiro. Não me venham dizer que é segmentado um rádio comercial restrito a emissoras populares (musicais ou de comunicadores), ouníus, religiosas, pop e rádios gagás contemporâneas. Não há mais rádios de samba (eu disse SAMBA de verdade, não essas porcarias populistas de cabresto que tem por aí), não há rádios de jazz, não há rádios de blues, não há rádios de world music e as poucas rádios de música clássica que restam são estatais, restritas a poucas capitais, basicamente a MEC FM no Rio de Janeiro, a Cultura FM em São Paulo e a MEC AM em Brasília. Aliás, as rádios estatais dão um banho de competência pra cima das rádios comerciais. São boas de ouvir. Mas mesmo as rádios estatais, tirando as clássicas, não são segmentadas. São raras as rádios de música regional, como a Rádio Rural de Porto Alegre. O radialismo rock, então, está em estágio terminal. Dedicada 100% ao gênero, só a paulistana Kiss FM, que mesmo assim se dedica basicamente a músicas e bandas antigas e tem repetidoras em outras cidades que saem do ar constantemente por vários motivos. Rádio que mescle decentemente bandas novas com antigas? Isso não existe mais. O que tem por aí são rádios pop que, em matéria de radialismo rock, são uma fraude.

Até os turistas que estiverem interessados em ouvir MPB (jazz, blues, rock e world music eles podem ouvir em casa) terão dificuldade para encontrar emissoras do gênero. Restam poucas rádios de MPB, como a carioca MPB FM e a rede Nova Brasil FM em outras cidades. Turista que quiser ouvir MPB no Brasil que não seja ao vivo terá que recorrer a CDs, a DVDs, a blu-rays, ao MP3 e à Internet. Mas isso eles podem fazer em casa!

O rádio brasileiro marca gols contra um atrás do outro.

Texto publicado hoje no Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro.

Confira comentários no Facebook.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Rock de Brasília, Ira!, Ângela Rô Rô e Celso Blues Boy amanhã no Mixto Quente

Se o Mixto Quente no Canal Viva já estava sensacional, amanhã às 22h (e nas reprises nos dias seguintes) a coisa será elevada à terceira potência. O programa será dedicado principalmente ao rock de Brasília, com a presença das bandas Legião Urbana, Plebe Rude e Escola de Escândalos. Pra completar e variar o programa, também compareceram Ira!, Ângela Rô Rô e o inesquecível representante maior do blues-rock nacional: Celso Blues Boy.

Vai perder essa?

terça-feira, 3 de junho de 2014

Uma senhora bronca de Jorge Roriz

Fonte: Facebook.

A situação do país causada pelos dilmolulismo é irreversível a curto prazo. Eles destruíram o cérebro dos jovens (com a falta de um combate mais sistemático contra as drogas). Destruíram a educação (fazendo lavagens cerebrais nas escolas e faculdades, ensinando comunismo). Não investiram em infraestrutura (portos, estradas, energia, mão de obra especializada) e formou um batalhão de zumbis idiotas que ocuparão os altos cargos do país amanhã, com ideias atrasadas de adoração a pornografia e de culto a bandidos. Se educação fosse restaurada hoje, passaria 30 anos para amenizar os efeitos do comunismo luludilmopetismo. Joaquim Barbosa não é besta, vai sair do barco antes que ele afunde. Estamos naufragando. Os responsáveis por isto são vocês que votaram em Lula, Dilma e nos aliados da base petralha.

Jorge Roriz

domingo, 1 de junho de 2014

TVE gaúcha apresenta um grupo de anarcofânqui: Putinhas Aborteiras


Deve ser a tal "democratização dos meios de comunicação" de que os "cumpanhêro pogreçista" (sejam os do "petê" ou os dissidentes) tanto falam.

Mais comentários no Facebook:

Alexandre Figueiredo

Infelizmente, as esquerdas preferem a espetacularização do ativismo social, se preocupar mais com a promiscuidade, drogas e outras coisas do que com a qualidade de vida da população. Continuo esquerdista, mas prefiro o esquerdismo do eu-sozinho.

Indicação para o Troféu Tolo do Ano:

“A TVE é aberta a qualquer grupo que tem como discurso a defesa da integridade das mulheres. Críticas machistas e chauvinistas não serão toleradas.”
Pedro Osório, presidente da Fundação Cultural Piratini, fundação responsável pelos meios de comunicação do governo gaúcho, sobre o convite da TVE-RS para as Putinhas Aborteiras

Fonte da notícia: Genizah.