Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 15 de maio de 2014

A propaganda dos fraudadores da esperança, dos algozes da verdade e dos moralistas de botequim

Resposta para Blog do Josias:

Emídio Junior

Intelectuais de esquerda, aqueles que sabem tudo, podem com certeza explicar a propaganda abaixo, mas eu, sinto muito, não quero ouvir o discurso do "Nunca antes na história desse país". Fraudadores da esperança, algozes da verdade, moralistas de botequim.



Me lembra as propagandas eleitorais de José Serra na eleição de 2002 (aquelas com Regina Duarte) e da campanha do Sim pela permanência do governo de Augusto Pinochet no plebiscito chileno de 1988. Serra e Pinochet foram derrotados.

2 comentários:

  1. O PT bem que poderia por a Regina Cazé dizendo "eu tenho medo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa, Shogum! Regina Cazé é legítima representante dessa geração de moralistas de botequim. Mas se utilizassem a mesma fala da xará Duarte, ficaria muito evidente a imitação.

      Descobri nesta semana quem são os verdadeiros inspiradores do lulo-dilmo-petismo: José Serra e Augusto Pinochet, que se juntaram a Che Guevara, Fidel Castro e Hugo Chávez. Péssimas inspirações, como sabemos.

      "Fidel e Pinochet tiram sarro de você que não faz nada"
      (Humberto Gessinger)

      Excluir