Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Novo bispo pode sinalizar enquadramento da Comunidade Canção Nova


Ontem foi ordenado em Santa Clara do Sul - RS o bispo da Diocese de Lorena, Dom João Inácio Müller, escolhido para tal ofício pelo Papa Francisco. Seria uma ordenação episcopal como tantas outras que acontecem pelo mundo afora todo ano, se não fossem alguns detalhes.

A Diocese de Lorena, mesmo sendo pequena, tornou-se estratégica para a Igreja no Brasil desde o início dos anos 80, quando efetivamente começou a crescer exponencialmente a Comunidade Canção Nova, que com o passar dos anos passou a ter, além dos seus missionários: uma rede de rádio, uma rede de TV, editora, gravadora com estúdio, portal de Internet, casas de formação e de retiros e lojas de artigos religiosos, além de um seminário, uma escola, uma faculdade e um posto de saúde, os quatro localizados na cidade-sede da Canção Nova: Cachoeira Paulista, dentro da jurisdição da Diocese de Lorena. Fora tudo isso, a Canção Nova se tornou numa das maiores referências da Renovação Carismática no Brasil e a maior referência da RCC no campo midiático.

Dito isso, lembremos da linha pastoral do Papa Francisco e de tudo que ele tem dito e escrito desde o início do pontificado. Enfim, tudo que tem atraído críticas de materialistas de toda ordem, tanto de liberalistas econômicos como do ateísmo e do laicismo politicamente militantes, da extrema direita à extrema esquerda. O novo bispo de Lorena, além de ter origem franciscana (espiritualidade do Papa Francisco, mesmo este tendo origem jesuíta), escolheu o cardeal Dom Cláudio Hummes, também de origem franciscana, para lhe ordenar bispo. Pra quem não lembra, Dom Cláudio foi um dos entusiastas da candidatura papal do cardeal Jorge Mario Bergoglio e foi escolhido pessoalmente pelo Papa para aparecer ao lado nele em sua primeira aparição pública como Papa, na sacada da Basílica de São Pedro.

Como o que Papa Francisco e vários bispos e padres com espiritualidade franciscana fazem bate de frente com o misticismo predominante na Renovação Carismática, a chegada do novo bispo de Lorena pode sinalizar um futuro enquadramento da Comunidade Canção Nova. Apesar do respeito diplomático que o Papa e o bispo tenham com os líderes da Comunidade. Que estes tenham a mente em Deus e ponham os pés bem firmes no chão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário