Política, cultura e generalidades

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Nem capitalistas nem socialistas entendem as palavras do Papa Francisco. Nem podem

Respostas para O Espiritualismo Ocidental (linque 1 e linque 2):

Nem capitalistas nem socialistas entendem as palavras do Papa Francisco. Nem podem. São materialistas. Tanto que o Papa atrai até hoje críticas tanto dos liberalistas econômicos como da esquerda militante do anticatolicismo. Esta normalmente vê qualquer Papa como inimigo, seja lá quem for. Os esquerdistas da Argentina até ficaram constrangidos quando dona Cristina Kirchner foi beber mate com o Papa lá no Vaticano logo após o conclave!

Carlos Antonio Fragoso Guimarães
15 de dezembro de 2013 17:25

É bem lamentável que alguém ainda ache que a Igreja seja pura e angelical. Como não ver o absurdo do capitalismo neoliberal? Pena que gente assim seja tão pouco dada aos estudos, não conheça a teologia da libertação... Quanto à esquerda, é muito fácil repetir feito papagaio os aspectos apresentados como negativos, esquecendo-se dos positivos, sempre escondidos, como os foram os da teologia da libertação, do mesmo jeito que a Santa Inquisação na figura recente do Cardel Ratiznger encobriu os pontos positivos de um Leonardo Boff e um Hans Kung para condená-los a silencios obsequiosos. Portanto, caro Marcelo, vou desconsiderar sua mensagem pela o que ela é: uma tolice vazia.

Marcelo Delfino
15 de dezembro de 2013 18:36

Diga-se de passagem: um grande entusiasta do pontificado do Papa Francisco é ninguém menos que Leonardo Boff. O que atrai ainda mais a raiva da militância materialista capitalista. Que haja mais gente espiritualizada para contesta-los, sejam de esquerda ou não.

O blogue é bom e traz uma abordagem diferente para os temas que se propõe a discutir. Linquei ele com o meu. Digo isso apesar da desconsideração à minha mensagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário