Política, cultura e generalidades

terça-feira, 18 de junho de 2013

Passeata dos Cem Mil - Edição 2013

Isso foi o protesto de ontem na Avenida Rio Branco contra o reajuste das tarifas de ônibus municipais para R$ 2,95. Esse e outros protestos de ontem pelo país afora também foram direcionados a outras causas. Não apenas para reivindicar melhorias no transporte público. Criticaram, por exemplo, a famigerada PEC 37. Em Brasília, os manifestantes ocuparam o teto do Congresso Nacional, e após negociarem com a polícia do Congresso, desceram a rampa da sede do parlamento. Imagens semelhantes não aconteciam desde o Diretas Já. Um ou outro vidro do Congresso foi quebrado, mas não esclareceram se foi devido a atos isolados de vândalos ou se foram acidentes devido à aglomeração de gente na frente do Congresso. Em Fortaleza, houve uma manifestação contra a gastança de dinheiro público nas copas da FIFA. Exatamente na frente do hotel onde está hospedada a Seleção da CBF.

A população brasileira parecia adormecida, comodista e conformada. Não está mais. Está indo para a rua. E de maneira pacífica. Coisas positivas poderão ser conquistadas daqui por diante.

O mais bacana é que esse é um movimento cívico. Tipo a Passeata dos Cem Mil e o Diretas Já. Tem gente ordeira de quase todas as tendências políticas.

Os extremistas não contam. Os caras que vandalizam dão o pretexto que os maus governantes querem para fecharem o regime. Os extremistas estão fazendo suas atitudes extremistas, que é o que só sabem fazer. Protestemos contra esses também. Aliás, já teve pichador sendo vaiado ontem no Centro do Rio.

E daí que algumas coisas positivas aconteceram nos últimos dez, onze anos neste país APESAR DOS GOVERNOS, não por causa deles e até mesmo CONTRA eles? A população merece coisa melhor. Não podemos estagnar.

Enquanto isso, que os manifestantes continuem com suas palavras de ordem. Como uma sequência ouvida ontem em algumas cidades: "Abaixo a tarifa! Mande a Copa pra FIFA!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário