Política, cultura e generalidades

domingo, 30 de junho de 2013

Distância entre sedes da Copa 2014 assusta cartolas da FIFA

Há cerca de um ano a FIFA estabeleceu o calendário da Copa 2014, com doze sedes, boa parte delas incluídas pelo Governo Federal e pela CBF apenas para agradar a governadores aliados. Só que os cartolas da FIFA nunca devem ter visto um mapa-múndi. Descobriram agora que o Brasil não é a Suíça. Além de não ser tão pequeno quanto a Suíça, o Brasil tem uma classe política e uma infraestrutura aeroportuária das mais podres do mundo. As seleções que ultrapassarem as quartas de final da Copa poderão ter que viajar mais de 8 mil quilômetros entre a primeira e a última partida. Até a qualidade do futebol apresentado nessa Copa caríssima poderá ser prejudicada. Relação custo-benefício desvantajosa até para os mais fanáticos por futebol.

Os cartolas da FIFA fizeram aliança com os cartolas da CBF e com os políticos brasileiros dos governos das três esferas. Eles que saiam da encrenca em que se meteram.

Mais detalhes no Estadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário