Política, cultura e generalidades

domingo, 16 de junho de 2013

Carta Capital também encalha!

Meu amigo Alexandre Figueiredo tem notado que há meses há encalhes da Sujíssima Veja nas bancas. A revista merece essa rejeição. É possível comprar em vários pontos de venda edições atrasadas de uma e até de duas semanas atrás.

Só que, como eu tenho uma visão mais ampla das coisas, noto que a Veja petista também está encalhando nas bancas. Ontem mesmo achei um exemplar encalhado da Carta Capital do fim de semana anterior, com capa sobre as partes esquecidas da cidade e do estado do Rio de Janeiro que ficam fora dos investimentos para os megaeventos olímpico-futebolísticos internacionais. Uma matéria muito boa, por sinal. Não poupam os governos Cabral Filho e Eduardo Paes, mesmo dando espaço para o prefeito numa entrevista de meia página. Entrevista essa em que o prefeito declara: "Voltamos ao Centro". Ele fez alusão às obras de revitalização da Zona Portuária do Rio de Janeiro, mas bem que isso pode ser também uma alusão à sua saída da direita tucana para esse centro (a direita não assumida) que é o PMDBismo lulo-dilmista.

A verdade sobre a Veja, a Carta Capital e outras revistas é que o mercado de jornais e revistas está diminuindo no mundo todo. Só ficarão as publicações que tiverem um diferencial positivo e que não enganam os leitores. Talvez no futuro até algumas ou todas as publicações sobreviventes se mudem de vez para tablets e outros apetrechos tecnológicos. Algumas já mudaram.

Até a Playboy brasileira está ameaçada de fechamento. Os onanistas trocaram as páginas estáticas das revistas masculinas por mulheres orgásticas em vídeos HD, 3D, o escambau. De graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário