Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Crítica envergonhada e pontual não é oposição nem alternativa a nada. É dissidência

Resposta para Mingau de Aço no Facebook:

"oposição doentia ao PT - que em muitos momentos merece ser criticado, até severamente, mas não da forma fútil que a direita radical faz"

Sim, Alexandre Figueiredo. Assim como Lobão também deve ser criticado severamente, principalmente por sua admiração ao regime de 1964, mas não da forma fútil como a esgotosfera progressista fez esta semana, querendo transformar Lobão não no Arnaldo Jabor roqueiro ou no defensor do fânqui que é (tal como faz a oposição de esquerda, PSOL e PSTU à frente), mas no Wilson Simonal da hora. Aliás, as próprias rádios e as paradas de sucessos já baniram o Lobão, como fizeram com o Simonal.

O que falta ao amigo Alexandre Figueiredo é parar de fazer críticas envergonhadas e pontuais ao PT (esse "até" é bastante denunciador), e sim passar para o rompimento frontal com tudo aquilo que seja de esquerda ou pseudo-progressismo, verdadeiros ou falsos, governistas ou oposicionistas. Seja PT, PC do B, ultra ou extrema esquerda. Governos de esquerda adoram fazer as merdas que fazem, as próprias e as da direita fisiológica aliada, e também reproduzir as merdas dos governos de direita da História, e vem a corja toda de esquerda que os apoiou em alguma eleição dizendo que são governos de direita, tirando a própria culpa fora. Tem que passar para a oposição frontal, mesmo que seja com o idealismo humanista que lhe é característico. Do contrário, o blogue Mingau de Aço e seu autor continuarão sendo apenas dissidentes. Jamais alternativos a tudo isso que está aí.

E tenha cuidado com essas reuniões dos movimentos de blogueiros progressistas em que já esteve presente pessoalmente. Essa turma não tolera a mínima dúvida sobre o Deus de Marta Suplicy. Nem sobre a sacerdotisa deles. Ser politicamente solitário é às vezes o recomendável. Falo isso de experiência própria.

Maldita hora em que resolvi votar no Lula nos dois turnos de 2002. Eu também tenho minhas culpas. Mas as minhas eu assumo.

A resposta de Alexandre Figueiredo

Um comentário:

  1. Por isso que faço oposição severa. Eu votei neles em 2002 tenho plena moral pra reclamar. Se arrependimento matasse... Nunca mais!

    ResponderExcluir