Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 15 de março de 2013

Exemplo de um chilique da esgotosfera esquerdista previsto por este blogue

Não conheço esse tal de Licurgo Botelho. Mas ele ganha desde já uma indicação para o Troféu Tolo do Ano 2013 pela autoria deste texto abaixo. Preparem-se para um asneirol em dose cavalar.

Fonte: comentários do Blog da Cidadania.

No final da década de 70 e início da década de 80 uma das armas usadas para a derrubada dos regimes socialistas do leste europeu foi sem dúvida a eleição do polonês Wojtyla como papa. Ele escolheu o nome dos dois papas anteriores (João XXIII e Paulo VI), que mal ou bem reformaram a igreja, deram uma cara mais humana. Wojtyla (João Paulo II) acabou por destruir todo o avanço que os 2 papas anteriores tinham implementado na igreja. Destruiu a teologia da libertação, excomungou padres progressistas etc...

Agora, elegem o conservador e reacionário Jorge Mario Bergolio que apoiou a ditadura argentina. Bergolio adota o nome de Francisco em homenagem a São Francisco de Assis.

Com certeza Bergoglio vai fazer peregrinações pelos países latinos pregando a democracia, a liberdade, os direitos humanos (a picareta cubana também fez esta peregrinação). A mesma peregrinação que Wojtyla fez nos países do leste europeu ajudando a derrubar os regimes socialistas.

Infelizmente, esse papa vai ser mais uma arma da direita contra o avanço social que a nossa velha e explorada América Latina está conseguindo nos últimos anos.

Licurgo Botelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário