Política, cultura e generalidades

sábado, 2 de março de 2013

Engenhão ou Vazião?


Comentários no Facebook:

Evaldo José

Peter Siemsen, presidente do Fluminense, na CBN: "Ausência de público não é só o preço. Localização do estádio também conta".

Localização é o de menos. Eu mesmo sou do Engenho de Dentro, tenho o estádio visível dos fundos da minha casa e só vou lá em situações pontuais: alguma apresentação musical bacana (fui na do Paul McCartney), jogos com o Grêmio e alguns jogos importantes do Flamengo. Mas amanhã não estarei lá. Esse Campeonato Carioca não importa muito e o time do Flamengo não empolga.

Esses torcedores ditos "abastados" da Barra e da Zona Sul não gostam de vir ao Engenhão. Tanto que o prefeito paespalhão torrou um dinheirão com desapropriações e obras para construir um viaduto pros bacanas (especialmente tricolores cariocas) voltarem pra casa de carro entrando diretamente na Linha Amarela. Mas nem com o Fluminense jogando a Libertadores com o Grêmio no Engenhão o viaduto é bem procurado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário