Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 4 de março de 2013

Abraham Lincoln e "o fim justifica os meios"

Resposta para Paulo Moreira Leite:

Parece que o missivista Paulo Moreira exalta a política do "o fim justifica os meios" aplicada pelo presidente americano com a compra de votos no Congresso. Essa política serviu de desculpa para muita coisa na política, tanto americana como de outros países do continente.

P.S: Eu já escrevi minha resenha. Também gostei do filme. Mas apontei méritos e deméritos tanto da carreira de Steven Spielberg como de Abraham Lincoln. O filme serviu também para mostrar que Lincoln também era adepto da política do "o fim justifica os meios". Essa política serviu de desculpa para muita bandalheira na política, tanto americana como de outros países do continente. Inclusive no Brasil. Do Estado Novo, passando pelo Golpe de 1964, as compras de votos para ampliar mandatos presidenciais ou para permitir reeleições, até chegarmos ao Mensalão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário