Política, cultura e generalidades

domingo, 17 de março de 2013

A cobertura do Conclave do Papa Francisco na TV


Resposta para AdNews publicada no Facebook:

A cobertura do Conclave do Papa Francisco não ficou restrita às TVs brasileiras, italianas ou as conterrâneas do sucessor de Bento XVI. O evento foi destaque em emissoras de diversos países. Foi destaque também em canais internacionais de notícias, como a CNN International e a BBC World News. E olha que não havia nenhum cardeal do Reino Unido no Conclave (o que poderia estar lá confessou ter cometido delitos sexuais e renunciou ao arcebispado e à vaga no Conclave) e o Papa Francisco já declarou ser contrário ao domínio britânico nas Ilhas Malvinas.

No Brasil, não foram apenas a Globo e a Globo News que derrubaram a programação para mostrar a fumaça branca na chaminé da Capela Sistina. TV Brasil, Rede TV!, Band e SBT fizeram o mesmo. A TV Canção Nova fez o que se espera de uma TV católica: dedicou a programação quase toda ao assunto, e teve até um repórter ao vivo da Praça de São Pedro via Skype. Mas a grande surpresa foi a primeira emissora brasileira a entrar no ar ao vivo com a fumaça branca: a Rede Record. Isso mesmo: a TV do bispo concorrente. E a Record foi a única emissora brasileira a exibir em HD as imagens ao vivo geradas pela CTV. As demais emissoras HD brasileiras exibiram imagens em SD 16x9.

Apesar do grande trabalho feito na cobertura do Conclave pela Record, o homem da Conversa Fiada deverá aparecer nas próximas edições do Domingo Espetacular com pelo menos uma daquelas reportagens-denúncia, desta vez sobre o Papa Francisco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário