Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Prós e contras da NET Rio em 2012

Comentários para TV Magazine:

No Rio de Janeiro, a NET foi a operadora de TV paga que mais lançou canais até agora em 2012. Entrou até a TV Canção Nova, muito pedida por vários clientes e protelada pela NET por anos a fio. Tivemos também a entrada de vários outros canais HD e/ou SD.

Problemas e defeitos todas as operadoras tem. Inclusive a NET. Há várias reclamações contra essa operadora. Mas ainda assim a NET continua sendo uma excelente opção, especialmente para clientes da cidade onde ela nasceu (Rio de Janeiro) e da atual cidade-sede (São Paulo).

A NET não retirou nenhum canal neste mês em que a lei da reprise de filmes nacionais (Cazuza, 2 Filhos de Francisco, Deus É Brasileiro, Xuxa isso, Xuxa aquilo, etc) entrou em vigor. E ainda colocou quatro (+ Globosat, Bis, Off e Curta!). Se bem que três deles são repetidores SD de canais HD da Globosat. Os assinantes da NET Digital SD devem estar gostando.

De ruim, a NET teve neste ano a saída da Mix TV (que aguarda a entrada compulsória nas DTH), a entrada da Rede Mundial (tome testemunhos duvidosos!) e a lambança da entrada do Fox Sports, que foi anterior à mudança acionária. Até a lambança acabar, teve cliente da NET vendo jogos da Libertadores pela Internet, muitos aproveitando a conexão do próprio NET Combo. Tomara que não fiquem de mi mi mi na hora de colocar o Fox Sports 2.

P.S: Já botaram mais dois canais: o Woohoo (114) e a PlayTV (118) do Lulinha. Pelo menos o Woohoo é excelente, porque é um canal que apresenta programas sobre esportes de ação e cultura rock, aproveitando a experiência de seus criadores Antonio Ricardo e Ricardo Bocão, que produziram e apresentaram programas de esportes de ação em vários canais abertos e pagos. O mais famoso deles foi Realce, apresentado na TV Corcovado nos anos 80, e que foi o primeiro programa de esportes de ação na história da TV brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário