Política, cultura e generalidades

sábado, 24 de novembro de 2012

Luiz Fux canta Sullivan & Massadas e imprensa bóia

Anteontem tomou posse na presidência do STF o ministro Joaquim Barbosa. Na festa da posse, à noite, tocaram ao vivo sucessos da década de 1980. Segundo parte da imprensa, seriam tocados na festa até sucessos do rock nacional oitentista. Apareceu uma banda ao vivo, e lá pelas tantas, o ministro Luiz Fux subiu ao palco com guitarra e microfone, e cantou Um Dia de Domingo, música atribuída por parte da grande imprensa brasileira a Tim Maia.

A grande imprensa brasileira está cheia de ignorantes que não averiguam o que dizem ou escrevem. Neste caso, os caras erraram duas vezes. Primeiro: a música não é de Tim Maia. É da dupla Sullivan & Massadas, que nos anos 80 tiveram várias músicas do seu cancioneiro popularesco gravadas por inúmeros nomes das grandes gravadoras. Notadamente a RCA (mais tarde BMG-Ariola, esta adquirida posteriormente pela Sony Music), que mandou vários integrantes de seu elenco gravarem Sullivan & Massadas. Mesmo nomes de fora do universo popularesco, como Fagner, Sandra de Sá (egressa da black music), Gal Costa e Tim Maia. Segundo: se fôssemos atribuir a música apenas ao intérprete (não aos compositores, que seria o certo), deveríamos atribui-la não a Tim Maia (como fez o portal Letras), e sim a Gal Costa, que foi quem lançou a música em seu LP Bem Bom. A música não consta nos LPs de Tim Maia da época. Tim apenas fez uma participação nesta música, em dueto com Gal, no disco dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário