Política, cultura e generalidades

sábado, 8 de setembro de 2012

Os envergonhados demais para serem liberais

Essa coligação necrosada do DEM com o PR (que lançou Rodrigo Maia para prefeito, tendo Clarissa Garotinho de vice) é a coisa mais natural, se formos levar em conta no quê os dois partidos deveriam ter sido ou continuado a ser. Eram exatamente esses dois partidos os dois maiores que não tinham vergonha em se assumirem como partidos liberais. O DEM era o Partido da Frente Liberal (PFL) e o PR é o resultado da fusão do Partido Liberal (PL) com o Prona.

Só que hoje todos os partidos do Brasil querem ser esquerda, todos querem ser progressistas, todos querem ser socialistas, todos querem ser "politicamente corretos" (no que mais de incorreto e vil há neste termo). E, sobretudo, todos os partidos querem ser fisiológicos. Inclusive os que não são.

Continuo dizendo que falta um partido assumidamente liberal neste país, pra quem acredita nessa ideologia. Faltam também um partido assumidamente de direita e um partido nacionalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário