Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Com "funkódromo", dinheiro público está indo para os ares



Nesta eleição, estamos duplamente ferrados e mal pagos. Se o prefeito paspalhão está bancando essa cafajestagem com dinheiro público, aquele degenerado frouxo que se arvora ser o "líder" da "primavera carioca" é aliado histórico daquela corja que domina as equipes de som. Deve estar gostando da farra. Botou um roqueirinho de vice, pra enganar otário. E um roqueirinho de muita má vontade de concorrer, como ele mesmo já disse.

Pão e circo. Tudo para obter o voto das massas. Seja com fânqui, seja com escola de samba (sei lá quantos milhões pra cada uma), seja com eventos gospel, seja com cidade do roque, seja com o raio que o parta. Ê ê ô, vida de gado...

Não há governo, não há oposição. Só há a degeneração. Em todos os sentidos.

Sabem o que é aquela nuvem em cima da fábrica demolida? É o dinheiro do povo carioca indo pelos ares.

Adriano De Souza Rocha disse em Servidores Municipais do RJ:

O gasto já começa ali, na contratação da empresa de demolição, que não é barato. Vou te dizer cara, as vezes dá vontade de viver como mendigo num país como Canadá, Suécia, Noruega, do que ser um trabalhador assalariado aqui no Brasil. O dinheiro só é gasto com futilidades, a saúde tá uma porcaria, mas o povo é acomodado, desmotivado e apolítico...

Nenhum comentário:

Postar um comentário