Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Salvem a Aldeia Maracanã!

Petição de Apoio ao Centro Cultural Indígena da Aldeia Maracanã

Iniciativa Popular que visa o recolhimento de assinaturas em apoio ao Centro Cultural Indigena da Aldeia Maracanã, no Antigo Museu do Indio, à Rua Mata Machado 126 - Maracanã - RJ . O motivo é: o Governo do Estado não reconhecer a posse do território, local sagrado dos povos indígenas. O Governo do RJ tem como intenção nefasta em demolir o edifício histórico. O antigo casarão reconhecido UNESCO encontra-se em total abandono pelo Governo Federal. Notícias que vêm sendo vinculadas na imprensa o Governo do Estado está em negociação com a União para a utilização desse espaço para um atalho ao estádio. SERÁ QUE ISTO É JUSTO?!!! Neste local, indígenas de várias etnias vêm difundindo sua cultura há seis anos e em escolas particulares e públicas,exercendo direito garantido pela lei. Defendemos a criação de um centro de referência da cultura indígena. Pedimos o apoio e Todos.. site : centroculturalindigena.jimdo.com e facebook: centrocultural

Por que isto é importante

O Antigo Museu do Índio está com os dias contados. O prédio arquitetônico de 147 anos, onde foi criado por Darcy Ribeiro o SPI, que hoje é a FUNAI e também fundado por ele e o Marechal Rondon o primeiro museu indígena da América do Sul. O Governo Federal junto ao Governo Estadual pretendem demolir o prédio para futuros projetos. Além disso o prédio representa todos os povos indígenas que ocupam diariamente o espaço a mais de 6 anos divulgando a sua cultura e querem desta forma tornar o espaço um centro cultural indígena. Nós, Povos Indígenas do Centro Cultural sonhamos com esse espaço preservando a memória de nossos ancestrais.

2 comentários:

  1. Esta é uma disputa importante e o momento crucial para pensar e agir sobre questões reverentes a alteridade e repeito a diversidade cultural. O prédio tem uma forte representatividade para os índios e sua história. O prédio da Aldeia Maracanã em ruínas também representa o estado de abandono e desrespeito a cultura indígena e sua história. A revitalização do prédio e não a sua destruição pode ser um início ao caminho de uma sociedade civilizada que sabe respeitar a diversidade humana.

    ResponderExcluir
  2. O prédio não é sequer tombado e o Museu do Índio (o real) funciona há mais de quatro décadas em Botafogo, em um casarão histórico cercado de jardins. O prédio do antigo museu estava abandonado e chegou a ser ocupado por mendigos. Assim que se ouviu falar que haveria Copa, trouxeram alguns índios e vários militantes de partido emergente pra o local, pra montar essa farsa. Ali nunca viveram índios, exceto, talvez, antes do século XVII. Morei bem pertinho, posso falar. O que faz um museu não é um prédio ... e agora falam em 'aldeia maracanã' para tentar emocionalizar a platéia.

    ResponderExcluir