Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 30 de maio de 2012

CPMI do Cachoeira acabou hoje em Créu na velocidade 15

Se ainda havia dúvidas sobre a seriedade da CPMI do Cachoeira, elas acabaram hoje. Não há mais dúvida de que aquilo ali não é nada sério. É um ajuntamento de políticos da pior estirpe que dizem querer investigar gente da mesma estirpe. E ainda assim procuram preservar os mais chegados.

Hoje mesmo aprovaram requerimentos para tomar depoimentos dos desgovernadores Marconi Perillo (PSDB-GO) e Agnelo Queiroz (PT-DF). Mas não de Sérgio Cabral Filho (PMDB-RJ).

Essa CPMI acabou hoje. Os caras que esperam que investiguem Carlos Cachoeira, Delta, políticos lulo-dilmistas, políticos demo-tucanos, mídia golpista, mídia governista, o sexo dos anjos, a cor do submarino amarelo dos Beatles, a Associação Internacional de Proteção às Borboletas do Afeganistão, o Fim dos Dias ou o raio que o parta, podem procurar algo viável pra fazer.

Daqui pra frente, levemos esses caras da CPMI do Cachoeira na galhofa, já que eles nos levam na galhofa, dançam o Créu na velocidade 15 e ainda dançarão em outras velocidades, como 13 e 45.

Nenhum comentário:

Postar um comentário