Política, cultura e generalidades

sábado, 31 de março de 2012

As empresas estatais criadas no regime militar e privatizadas por FHC

Resposta para Mingau de Aço:

Ok, Alexandre Figueiredo. O regime militar foi privatista e entreguista, como você anotou. Mas foi estatista, às vezes. A Embratel, a Telebrás e as usinas de Itaipu, Tucuruí e Ilha Solteira foram criadas no regime militar. Só que algumas dessas poucas realizações positivas do regime foram dilapidadas por governos posteriores. A Embratel e a Telebrás, por exemplo, foram privatizadas por Fernando Henrique Cardoso. Episódios contados inclusive no livro A Privataria Tucana, aquele que causa calafrios em José Serra e seus seguidores.

2 comentários:

  1. Obrigado, FHC, por ter privatizados empresas que corroíam o dinheiro público e prestavam serviços porcos. Melhor presidente da história!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado FHC também. As estatais eram péssimas. As linhas telefônicas eram caríssimas, as pessoas alugavam telefone. Não havia linhas disponíveis e quando aparecia era necessário se inscrever e aguardar somente dois anos para a instalação. Isso mesmo, dois anos.

    ResponderExcluir