Política, cultura e generalidades

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Sobre a greve na PM baiana

Respostas para Tsavkko:

Reitero aqui o que disse há alguns dias atrás: é preciso desmilitarizar e CIVILIZAR a PM em todos os estados e no Distrito Federal. Com salários dignos, preparo técnico e dedicação exclusiva. Qualquer coisa diferente disso é querer transformar PMs em meros jagunços fardados e capitães do mato, despreparados, mal pagos e muito bem armados. E ainda tem os corruptos...

Há de se observar que há movimentos sociais legítimos de gente com bom nível de vida e desvinculados da política ideológica e partidária vigente. Apenas a consciência política de uma forma ampla, sem a qual não há movimento social. Exemplo: médicos da Califórnia, que são atacados indistintamente por democratas e por republicanos, que os julgam como "sindicalistas fortes demais". Por outro lado, movimentos sociais de pessoas com bom nível de vida, quando tem vinculação ideológica ou partidária geralmente são movimentos reacionários. Como o movimento dos Cansados, que o cardeal de São Paulo fez o favor (favor mesmo!) de expulsar da Catedral da Sé, proibindo uma missa do Cansei! em 2006. O cardeal sabia que não tinha nada de reivindicação justa, ali. Era só politicagem de alckmistas.

P.S: De qualquer forma, o eleitor baiano trocar o carlismo pelo lulodilmojaquismo é trocar 6 por meia dúzia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário