Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Se Dilma não privatizou, Marcello Alencar também não privatizou

Lulo-dilmistas alegam que a presidenta Dilma Rousseff não privatizou na segunda-feira os aeroportos de Brasília, de Guarulhos e de Campinas. Dizem que a presidenta fez uma concessão por tempo determinado.

Então os lulo-dilmistas (sobretudo os petistas) tem que parar com as frescurites, os faniquitos e os pitís, e dizer que nem todos os tucanos privatizaram patrimônio público. Tem que dizer, por exemplo, que o governador Marcello Alencar não privatizou a SuperVia nem o Metrô (que prestam um serviço péssimo, diga-se de passagem), porque, formalmente, houve a concessão por tempo determinado da operação de estações, trens, vias, equipamentos e bilheterias (a boca rica das concessionárias), e que as estações, trens, vias e equipamentos continuam sendo patrimônios públicos.

Mas a picaretagem petista-leninista continuará apontando para a caveira tirada do armário, ou seja, para os tucanos em toda a eleição, e continuarão a derrota-los, com o discurso de "privatistas!" e "vocês querem a volta deles?".

Nenhum comentário:

Postar um comentário