Política, cultura e generalidades

sábado, 7 de janeiro de 2012

Movimento gay prefere Lula a Dilma

Resposta para Congresso em Foco:

Não votaram na Dilma? Agora tomem bonito. Não tenho pena de cabo eleitoral de dona Dilma que reclama dela, seja homo, hétero, bi, tri, tetra, penta, multi, pansexual, virgem, não virgem, ninfomaníaca, garanhão, casto, celibatário ou eunuco. E podem esperar mais porrada, quando vierem à tona os desvios de verba pública promovidas por essas ONGs GLBTTPQPFDP e etc., tão danosas quanto as ONGs ditas cristãs que pegam verba pública para fazer doutrinação ou escola bíblica.


Outros comentários publicados no Congresso em Foco:

Claudemiro Soares
06/01/2012 11:51


As questões são outras. Quem sabe quanto o Lula deu às ONGs do Movimento Gay em seus 8 anos de governo? Quantas dessas ONGs estão inadimplentes no SIAFI? Quantas têm sido condenadas sistematicamente pelo TCU por desvios de recursos públicos? Quem são os “donos” dessas ONGs? Por que os donos de ONGs inadimplentes continuam recebendo as atenções da mídia e de políticos “progressistas”?


A questão central é: Dilma neutralizou o ESQUEMA por meio do qual as ONGs do Movimento Gay enriqueciam e compravam consciências na Administração Pública.


Tudo isso ficará bem claro para a sociedade brasileira em breve… Muito em breve.


É po aí…


ADHT
06/01/2012 14:24


É incrível como a falcatrua campeia livre em nosso país. De anos para cá mais um sugassuga apareceu para tirar proveito próprio das verbas governamentais. São as associações homossexuais, principalmente a ABGLT. O Senado aprovou uma verba de R$ 11 milhões para essas pseudo-ONGs que recebem altas verbas dos governos federal, estaduais e municipais e ao invés de aproveita-las de aplica-las para a compra de medicamentos e ajuda a gays doentes foram usados em favor próprio, como é o caso da ABGLT, cujo presidente, Sr. Toni Reis, vive viajando a Brasília com tudo pago pelo governo, financiando pelos nossos impostos. E o dinheiro que deveria estar indo para a compra de remédios para os portadores de HIV e outras doenças, estão sendo gastos para outros fins, conforme fomos informados. Uma devassa na ABGLT e outras já deveria ter sido feita há muito tempo. Há duas DENUNCIAS no MPF-PR. Como estão elas? O sangue de FURKIN, do GRUPO DIGNIDADE clama por uma solução clara, o MPF-PR sabe disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário