Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Renan Calheiros exalta índole caridosa do Governo Lula-Dilma para com o Primeiro Mundo e Luís Nassif critica caridade governista com múltis

Duas abordagens completamente opostas.

De um lado, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) estava nos últimos dias nas chamadas televisivas do partido fazendo elogios à caridade do governo brasileiro, que anda disposto a dar uma de FMI: emprestar dinheiro para os combalidos países europeus. Disse ironicamente que o Brasil tem condições de ajudar os países em crise.

Do outro lado, Luís Nassif faz em seu blogue pesadas críticas ao mesmo Governo, que via BNDES (cada vez mais econômico e cada vez menos social) empresta dinheiro público para combalidas empresas multinacionais instaladas no Brasil. Muitas delas empresas gringas (algumas daqueles combalidos países europeus) que não obtém tanta facilidade e tanta caridade em seus países de origem.

Os dois textos inspiraram um debate memorável no blogue Com Texto Livre:

zcarlos disse...


A própria presidenta Dilma já disse que o Brasil tem condições de ajudar, via FMI.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 15h26min00s BRST


Anônimo disse...


Pois é... com o nosso dinheiro!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 16h49min00s BRST


zcarlos disse...


Ajudar, quer dizer emprestar; não 'doar'.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 16h54min00s BRST

Marcelo Delfino disse...

Mas esse era o discurso internacionalista do FMI: "Nós não estamos dando dinheiro. Estamos emprestando". E emprestando mediante a imposição de políticas neoliberais.

Não é o caso do Governo brasileiro.

Mas se ainda restar alguma pendência no pós-Lula-Dilma-PT-esquerda (exemplos: alguma família miserável, educação deficiente, SUS caótico, etc), já sabem pra onde terá ido o dinheiro necessário para tirar essas pendências.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 20h39min00s BRST

zcarlos disse...


Marcelko, não será esse dinheiro que irá solucionar os grandes problemas brasileiros.
Quando o Brasil da era FHC precisou, recebeu $ do FMI. Porque não ser solidário quando outros precisam?


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 20h44min00s BRST

Marcelo Delfino disse...

É difícil convencer a população carente daqui do Brasil de que esses empréstimos devam mesmo ser feitos. População necessitada de educação, de trabalho, de saúde...

Em todo caso, nada impedirá esses empréstimos. O Governo tem aprovação popular. Isso é que interessa. Pro Governo.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 21h37min00s BRST

zcarlos disse...


Se o governo tem aprovação popular, então não é difícil convencer a população carente, não é mesmo?
O PIG é que faz de tudo para desfazer essa aprovação. Mesmo sabendo que o empréstimo é necessário por questões humanitárias e geopolíticas, principalmente, eles distorcem o objetivo e procuram jogar a população contra o governo.
Essa é a imprensa 'republicana' que temos.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 21h48min00s BRST

Marcelo Delfino disse...

Se há alguma manipulação do PiG Governista, é pros telespectadores/ouvintes/leitores continuarem apoiando o Governo, não pra reprovar. A não ser casos crônicos, tipo Veja e Folha.

Esse G do PiG é de Governista. Já disse.

No dia em que essa imprensa governista comprada com publicidade oficial e relações amistosas virar golpista MESMO (o MESMO é só se chegar ao objetivo final com eficácia), saiamos de baixo que lá vem porrete.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 22h02min00s BRST

zcarlos disse...


Uai Marcelo, pensei que vc fosse democrata e não udenista!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 22h11min00s BRST

Marcelo Delfino disse...

Uns dizem que sou udenista, outros dizem que sou petista, comuna safado e vermelhinho. E olha que nem colorado eu sou. Ao contrário do nobre blogueiro.

Gostei do papo. Mais um que vou guardar de lembrança. Mais um da blogosfera brasileira e suas classificações totalmente opostas sobre a minha pessoa.

Não sei como é a imprensa em Balneário Camboriú, mas a imprensa carioca é toda ela PiG Governista, sim. E nos três níveis: com Dilma, com Cabral Filho e com Eduardo Paes. Só quem mora aqui sabe como a banda toca no Rio. Fora isso, a realidade que o Governo do Estado não quer que os forasteiros saibam só é mostrada em veículos tendenciosos contra o Rio (não necessariamente contra Cabral), como a Folha. Que ainda por cima é PiG de Golpista.

Só pra finalizar, que tenho mais o que fazer. Aquele cornudo noturno da blogosfera brasileira diz que mora em Balneário Camboriú, também. Quem sabe os dois blogueiros não sejam amigos ou ao menos conhecidos, e não se encontrem por aí. Afinal, o cornudo é anônimo... Nunca se sabe.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 22h28min00s BRST

zcarlos disse...


Imprensa carioca governista com Dilma???
Rede Globo, Globo News, CBN, O Globo... ???
O Cornudo Noturno mora em Floripa e não é tão anônimo assim.
Já postei foto dele aqui no blog.
Abs Marcelo!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011 22h34min00s BRST

Marcelo Delfino disse...

Abraços. Boa noite.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 22h40min00s BRST

Nenhum comentário:

Postar um comentário