Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A rejeição à oposição de esquerda do PSOL

Fico contente em encontrar cada vez mais gente rejeitando a velha direita, rejeitando a nova direita lulo-dilmista (PMDB e partidos menores) e agora também rejeitando TODA a esquerda, como estou vendo agora nos comentários do Correio da Cidadania.

É por isso que eu digo: se querem uma oposição nacionalista e democrática, tratem de criar um partido que, além de ser nacionalista e democrático, rejeite simultaneamente o neoliberalismo, o socialismo e o comunismo.

Confiar na oposição à esquerda exercida pelo PSOL só gera decepção.

Só faltou os comentaristas citarem a aliança do deputado Marcelo Freixo com os barões do fânqui carioca, a  nova e alienante música de protesto de direita.

Fonte: comentários do Correio da Cidadania, em resposta a Milton Temer:

Escrito por JOÃO FELIPE em 30-10-2011 12:16


vai sair do PT?
Viu Milton, vai sair do PT e se juntar ao esquerdismo............é isso q dá!


Escrito por felipe puxirum em 26-10-2011 17:16


essas esquerdas?
quem tem essas esquerdas não precisa de inimigo de classe


Escrito por Raymundo Araujo filh em 26-10-2011 11:24


Por falar nisso


1) Filiação no Rio de defensores da Belo Monte (prof. Carlos Lessa) e do Novo Porto do Rio (Paulo Pinheiro) ao PSOL.


2) Proposta de salário mínimo de R$700,00, no ano passado, pelo dep. Ivan valente do PSOL.


3) Rasgados elogios ao Datena, por parte do "enfant gatée" dos artistas globais e do PV do RIO, o dep. Marcelo Freixo.


4) A aceitação da delação premiada com o método de se obter confissões (Nem Jesus!), pelo mesmo deputado.


5) Negociação com o representante da "direita moderna" Fernando Gabeira, para uma aliança no Rio.


6) Filiação em massa de militantes do PRTB (leia-se governador ANESTESIA) ao PSOL MG, repetindo a história que já vimos antes.


7) Luciana Genro ter sido financiada pela Gerdau.


8) Heloísa Helena, perdendo a compostura ter "saído na foto" abraçada e em lágrimas com a direita brasileira na ocasião do mensalão, em vez de mostrar ao público que não estava contente com o acontecido, embora não pudesse deixar de denunciar. Passou a imagem de uma vivandeira da direita.


9) A Sec. de Relações Internacionais do PSOL apoiar a OTAN na Líbia, com a mentirosa desculpa que o aparato bélico imperialista só entrou na briga 7 dias após o início dos combates. Como todos sabem, 7 é o número dos mentirosos.


Querem mais? É só procurar.


Milton Temer: Com esta Oposição que SE DIZ de Esquerda, estamos é fritos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário