Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Blogosfera progressista equivocada sobre regulação da mídia nos EUA

Uma vez tendo o poder no Governo Federal, a autointitulada blogosfera progressista não sabe usar para o bem o poder que tem. Também, não poderia. A esquerda brasileira era excelente na oposição, quando ficava ao lado da população, contra governos liberais, governos de direita e governos neoliberais. A esquerda é boa de discurso, boa de voto e ruim de Governo. A base de comparação usada pela esquerda (a direita, que é ruim de discurso, de voto e de Governo) é muito baixa. Não serve. Qualquer coliforme fecal é melhor que a direita.

Uma vez no poder, a esquerda tem as soluções as mais porcas para os problemas nacionais. Um desses problemas é a linha neoliberal da grande mídia. Qual a solução que a blogosfera progressista (parte da esquerda) tem para o problema? Regule-se a mídia. Os caras tem a pachorra de indicar países onde a mídia já é supostamente regulada. Um deles os EUA, que nunca tiveram um governo de esquerda, embora a extrema direita considere o de Obama como de esquerda, porque a extrema direita classifica tudo que não é extrema direita como esquerda.

Só que a mesma blogosfera progressista reivindica que a mídia independente de outorgas públicas (jornais, revistas, internet, etc) possa declarar posições político-ideológicas, enquanto que a mídia dependente de outorgas públicas (rádio e TV aberta) não possa. Não disseram ainda o que pensam sobre os canais de TV paga que não usam concessões públicas. Os blogueiros progressistas não sabem ou fingem não saber que a americana Fox (rede de TV aberta nos EUA) depende de outorgas públicas, está num país em que a mídia é supostamente regulada, mas é declaradamente republicana e contrária ao Partido Democrata.

Então, senhores blogueiros progressistas... Se quiserem diminuir vosso vexame, parem de citar a mídia local americana como exemplo de mídia regulada. A não ser que queiram que a mídia daqui também seja regulada, mas possa toda ela assumir posições partidárias e ideológicas, mesmo as rádios e TVs abertas.

Se toda a mídia brasileira for toda regulada e puder declarar posições, os senhores terão que parar de chamar de PiG essa mídia governista tida como golpista.

Na real... Os senhores blogueiros progressistas não querem regular a mídia coisa nenhuma. Querem mesmo é enfiar interventores em toda a mídia brasileira. Sejam indivíduos ou comitês, bem ao vosso gosto. Mas os senhores estão num rolo dos infernos. Seu discurso de "democratizar os meios de comunicação" e "regulação da mídia" é para enganar otário. Por isso tentam enrolar também a nós, que por dever informativo ainda temos paciência para ler vossos blogues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário