Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A pílula vermelha


O amigo Alexandre Figueiredo escreveu mais um texto magistral em seu blogue. Eu enxergo adiante do Alexandre. A esquerda se perdeu há anos. No mais tardar, no ano de 2002, quando fizeram aquele arco de alianças para eleger Lula. Um arco que incluiu o PL (Partido Liberal) desde a fase das convenções partidárias antes do primeiro turno.

Rompi com a esquerda em 2003. O mais próximo da esquerda que estou hoje é que tomei aquela pílula vermelha que Neo tomou com água em Matrix. Depois vi o que é de fato a Matrix: um sistema em que a esquerda e a direita se unem para dominar a população e subjugar a soberania nacional. Vide a Copa 2014 e a Olim Piada 2016. Não importa o quanto dona Dilma dê pití contra Ricardo Teixeira, a Fifa ou a CBF, ou o quanto o PiG governista tido como golpista dê chilique contra o Governo. Tá tudo dominado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário