Política, cultura e generalidades

domingo, 18 de setembro de 2011

Mídia pode ou não pode ter posições político-partidárias?

Resposta para Com Texto Livre:

Instituto Millenium? Ih, Zé Carlos, deixe eu ir ali no banheiro vomitar. A ânsia é muito forte. Depois eu acabo de ler.



















Voltei. Falta decidirmos, afinal de contas, se a mídia pode assumir posições políticos-partidárias (o que seria recomendável) ou não pode. E se pode, se as rádios e as TVs abertas também podem (como faz a americana Fox aberta, por exemplo) ou não podem. Eu vejo muitos colunistas como esse Marcos dizendo que a mídia tem sim que se posicionar, mas quando a mídia aberta se posiciona, esses colunistas são os primeiros a malhar, reclamando que essa mídia usa outorgas públicas, etc e tal.

Zé Carlos disse...


Assumir posições políticas os veículos podem e devem fazer, como qualquer cidadão.
Divulgar e apoiar essas posições, entretanto, somente a mídia impressa pode fazer - e não o faz para, hipocritamente, se dizer isenta - (exceto Estadão que nos últimos dias da campanha eleitoral do ano passado assumiu seu posicionamento; mídia eletrônica, por se tratar de concessão, deve manter-se isenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário