Política, cultura e generalidades

terça-feira, 26 de julho de 2011

Faxina de Dona Dilmona deixará a fedentina intacta

Os otários dizem que a presidenta Dilma Rousseff está fazendo uma faxina no Ministério dos Transportes, exonerando corruptos ligados ao PR e ao PT e supostamente substituindo-os por nomes técnicos. Grandes coisas! Ao longo da história republicana, já vimos muitos técnicos desonestos e mesmo funcionários de carreira metidos com bandalheiras nas três esferas (federal, estadual e municipal) e nos Três Poderes. Embora eles sejam superados pelos politiqueiros, que fazem na vida pública o que fazem na privada.

Além do mais, Dilma Rousseff não vai querer ser a primeira presidenta a governar com um Congresso oposicionista. Ela manterá no Governo e na base parlamentar sua base composta de esquerdistas pelegos e de direitistas fisiológicos. Com uma base dessas, não tem como fazer um Governo composto apenas por nomes capazes e íntegros. Seu guru Lula lhe deixou uma oposição ridícula, com os tucanos em extinção, o DEM devidamente extirpado (como Lula prometera), o PPS no mesmo caminho e a direita assumida sem representação partidária alguma além do PiG. A direita não assumida já está muito bem representada na base fisiológica do Governo no Congresso. Dona Dilmona está longe de ressuscitar a oposição, transferindo para lá partidos de sua base.

Essa faxina de Dona Dilmona lembra aquelas faxinas malfeitas que a Comlurb faz em algumas ruas de feira. O lixo é recolhido, mas a fedentina de frutas estragadas e de peixes podres (além das escamas de alguns) continua. Na semana que vem, tem mais feira, mais fedentina...

Nenhum comentário:

Postar um comentário