Política, cultura e generalidades

terça-feira, 24 de maio de 2011

O padre queixoso contra os padres que não usam batina

Rede TV!
O programa TV Fama da Rede TV! prometeu mostrar daqui a pouco uma matéria sobre uma discórdia entre dois padres: Pe. Juarez de Castro (assessor de imprensa da Arquidiocese de São Paulo) e Pe. Marcelo Rossi, chamando a matéria de "guerra de batinas".

Menos, Rede TV!. Menos. Desde o Concílio Vaticano II, milhares de padres abandonaram literalmente a batina, porém permanecendo no sacerdócio. Preferem usar roupas de garotão de meia idade. Será a influência do Aquecimento Global?

Aliás, segundo o blog Repórter Cristão, o Pe. Marcelo Rossi (um raro padre carismático que usa batina) fez críticas aos padres que não usam batina, e citou nominalmente o também padre cantante Fábio de Melo. Rossi também disse que ele e o veterano (e seu mentor) Monsenhor Jonas Abib foram boicotados pela Arquidiocese de São Paulo durante a última visita de Bento XVI a São Paulo, sendo impedidos de chegar perto do Papa. Outro padre cantante veterano, Zezinho, criticou Pe. Marcelo Rossi, por conta das queixas deste.

Querem saber? Eles que são padres que se entendam. A concorrência infernal e a concorrência protestante devem estar rindo à toa dessa palhaçada.

P.S às 21:04: A matéria da Rede TV! já foi ao ar. Nela, Pe. Juarez de Castro responde ao Pe. Rossi. Segundo Castro, a Arquidiocese paulistana impediu apresentações de padres cantores durante a missa de canonização de Frei Galvão (celebrada por Bento XVI em São Paulo) atendendo a um pedido do Vaticano, que mandou para São Paulo seu próprio roteiro para a missa, sem prever apresentações de padres cantores.

Acredite quem quiser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário