Política, cultura e generalidades

sábado, 14 de maio de 2011

Este blog não livra a cara do PT

Respostas para postagem anterior:

Marcelo Pereira disse...


Delfino, o MEC está certo. Só quem fez faculdade de Letras sabe disso, já que para a maioria da população supervaloriza as regras gramaticais. Mas o seu comentário é compreensível, típico de que nunca fez a faculdade de Letras. Eu fiz.


A noção de "certo" e "errado" está muito ligada ao elitismo. As normas da gramática foram criadas pelo ser humano, não são naturais.


Claro que devemos seguir as regras gramaticais, muito mais por adequação do que por correção. Devemos usar a forma de falar de acordo com vários fatores, respeitando o que está no dicionário. Mas,considerar a norma culta como "certa" e a fala popular como "errada" é a mesma coisa que dizer que uma pessoa com perna amputada não é ser humano.


A fala popular é falha, mas chamá-la de "errada" é um exagero. O ser humano, mesmo sem instrução se esforça parase comunicar, com regras próprias, mas condenadas pelos defensores da norma culta. A classificação de "adequada" e "inadequada" faz mais sentido, já que a nossa fala - e é aí que concordo - deve se adequar ao ambiente e ao publico receptor. Experimenta falar linguagem formal a um grupo de surfistas para ver no que dá.


Não estou defendendo a fala popular, que necessita de uma aprendizado. Apenas acho que a noção de "certo" e "errado" é rigorosa e felizmente não adotada por linguistas.


Infelizmente a população não sabe o que é estudado na faculdade de Letras. Pensa que passamos 4 anos elaborando regras de normalização culta. Se estudassem Letras (o curso de menor prestígio entre as faculdades), aprenderíamos mais fonética e acabaríamos com a equivocada noção de "certo" e "errado", que na verdade revelam um elitismo preconceituoso e uma forma de calar a boca das classes oprimidas.


Um conselho que dou a qualquer pessoa: antes de condenar algo, pesquise e conheça. Nem sempre aquilo que é estigmatizado como "errado", está errado.


14 de maio de 2011 12:56


Marcelo Pereira disse...


Ah! O texto não diz que o Mec não quer estimular a "lingua errada". Releia o texto que você mesmo colocou em seu blogue, com bastante atenção.


Mesmo que os governos do PT estejam errados - e está em muitos aspectos - não é motivo para se ter um ódio militante por eles.


14 de maio de 2011 12:59

Marcelo Delfino disse...

O que eu sei é que os analfabetos funcionais neoliberais que aparecem às vezes nos comentários deste blog (não é o seu caso) costumam me chamar de petralha pra baixo. Então resolvi bater de frente com os reacionários, com postagens como esta. Quem sabe esses neoliberais parem de escrever asneiras a meu respeito.

E tomei dos petralhas um slogan antes privativo deles: a luta continua.

Desde 30 de maio de 2009 eu quebro cabeça pra elaborar postagens para este blog. Isso toma tempo e às vezes me cansa a paciência. Cheguei longe demais pra aceitar que os paspalhões venham aqui me dizer que sou petralha.

14 de maio de 2011 14:31

Nenhum comentário:

Postar um comentário