Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Governos sem oposição são governos obscurantistas

"Começo a ficar muito preocupado. Um país sem oposição forte corteja com o obscurantismo. Sem pluralidade, não se sabe o que ocorre efetivamente nos escaninhos do Estado e nas esferas políticas. Todos governos absolutos trouxeram para seu interior a oposição, sem que se soubesse o que ocorria. Tudo se negocia em salas fechadas. O governismo que toma conta do país é, assim, preocupante."

Resposta para Rudá Ricci:

Mas não foi o próprio Apedeuta que disse que o DEM devia ser extirpado da política brasileira? Provavelmente ele também queria extirpar o PSDB, junto.

Eu penso como você: acredito que precisamos de uma oposição forte. Que não precisa ser necessariamente o DEM nem o PSDB, que não fazem falta. Pode ser uma oposição de direita, uma oposição nacionalista ou ambas.

Parabéns pelo seu texto, Rudá. Você é um dos poucos blogueiros progressistas que eu gosto e que acompanho. A quase totalidade dos demais, francamente, parece pensar com o estômago ou com o bolso. Não com o cérebro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário