Política, cultura e generalidades

sábado, 2 de abril de 2011

Classe média da Zona Norte carioca troca JB pela Folha

Resposta para O Kylocyclo:

Tenho amigos (alguns deles temos em comum) me informando que, com o fim do Jornal do Brasil (outrora um jornal golpista de 1964, mas que depois virou direita moderada, principalmente se comparando com as Organizações Globo), vários ex-assinantes do JB em redutos de classe média da Zona Norte carioca (notadamente a Grande Tijuca) estão assinando em massa a Folha de São Paulo.

É uma coisa para o amigo Alexandre averiguar, e quem sabe comentar nos seus blogs.

O que esperar de um cidadão que acha que a reaça Folha de São Paulo pode substituir o Jornal do Brasil?

Boa coisa é que não é.

Um comentário:

  1. Bem, mas, na parte do Esporte, o jornal tem a mesma postura independente dos canais ESPN como o caso da Copa 2014.

    Aliás, não sei, posso estar errado, mas, a FOLHA, na minha cabeça, pode ser a única mídia a noticiar decentemente essa farsa que maculou a busologia coisa que não vejo nos jornais cariocas.

    ResponderExcluir