Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

PiG muda de mão conforme o governo abordado

Resposta para Com Texto Livre - Alckmin foge do escândalo de corrupção das propinas da Alstom e Siemens:

Ontem tínhamos o império de Assis Chateaubriand versus o jornal Última Hora de Samuel Wainer. Hoje nós temos as redes Globo e Record.

Os dois PiGs (o governista e o golpista) continuam numa boa. No caso do governo paulista, o PiG governista (e abafador, no caso) tem a Rede Globo, a Folha, o Estadão e a Abril, e o PiG golpista tem a Rede Record, a Carta Capital e quem mais aparecer.

Para distinguir um PiG do outro em relação ao Governo Federal, basta inverter a mão de direção de um e de outro.

Definitivamente, não confio nos partidos políticos (NENHUM dos registrados) nem na imprensa que apóia ou combate uns ou outros conforme suas conveniências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário