Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Direita e esquerda trocam de posições: as moscas mudaram de lugar, mas a merda continua a mesma

Resposta para Mingau de Aço:

Só houve uma troca de posições, Alexandre. As moscas mudaram de lugar, mas a merda continua a mesma. No regime militar, a direita tinha o Governo e a esquerda tinha o mainstream cultural. Até Chico Buarque (aquele que disse que reprova ditaduras de direita mas aprova as de esquerda) tinha espaços generosos na mídia governista da época, Globo à frente. Hoje é a esquerda que está no Governo. Dilma Rousseff tem postura de autêntica esquerdista, com todos os méritos e deméritos (entre os deméritos, os flertes com a direita fisiológica) desta posição. A mesma sinceridade de Lula, que assumiu jamais ter sido esquerdista. Alijada do poder institucional, a direita fica onde sempre esteve: o comando da grande mídia, noves fora as exceções de sempre: Record-IURD, Carta Capital, etc, e tomou o poder no mainstream cultural, com essas figuras grotescas da Música de Cabresto Brasileira. Enquanto isso, Chico Buarque tem que se virar nos 30: vendendo livros no insipiente mercado editorial nacional e vendendo seus antigos CDs a preços promocionais com distribuição da (ironia das ironias) Editora Abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário