Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Detonando outro blog lulo-dilmista que comemora a volta da CPMF

Resposta para Desabafo Brasil:

O engraçado é que trabalho como servidor concursado estatutário da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro desde 2002. Desde os tempos da CPMF, portanto.

Apesar dos bilhões de reais arrecadados com a CPMF na época, nenhum tostão caiu na minha conta, eu que trabalho na ponta, diretamente com a população, ao contrário de presidentes, presidentas e presidAntas, prefeitos, ministros e secretários.

Pelo contrário: o dinheiro saía bonitinho, em descontos de 0,38%, como comprovam meus extratos bancários da época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário