Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Distribuidores brasileiros adiaram estreia da maioria dos filmes vencedores do Globo de Ouro e candidatos ao Oscar

Comentários para matéria de O Globo (No dia do anúncio do Oscar, favoritos já estão disponíveis para download ilegal):

Marcelo de Jesus Delfino
25/01/2011 - 23h 08m

Bem fizeram George Lucas e os irmãos Wachowski, que pelo menos uma vez combateram os delays e a pirataria antes do lançamento.

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith saiu na mesma hora (meia-noite) em todos os países onde foi lançado. Eu vi a sessão de 0:30, a primeira da história do cine Unibanco Arteplex 6.

Matrix Revolutions saiu exatamente na mesma hora no mundo todo, não importando o fuso horário. No Japão estreou de madrugada, e no Brasil foi às 11h, se não me engano.

Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 14h 46m


Eu não disse que o cinema não está caro... Concordo plenamente com vocês! Mas o problema aqui é outro. Muito da pirataria se deve pela defasagem de tempo entre a estreia nos EUA e no Brasil. O mesmo acontece com os seriados da TV Americana. Ngm quer assistir um American Idol no Brasil sabendo que "fulano de tal" já saiu, por estar em todas as manchetes. Reparem no sucesso dos lançamentos mundiais, que apesar de se tratar de blockbusters, tem bilheterias muito expressivas, sem importar o preço.


onstantine
25/01/2011 - 13h 19m


Marcell, o DVD caiu mas o cinema ainda é caro sim quase sempre. Essas promoções são para quem cartão isso ou aquilo, coisa que nem todos têm ou usam. O último cinema realmente barato era o Palácio no Centor que cobrava R$ 3.50 ou R$ 4.00 (inteiras) na quarta feira. Vi muitos filmes lá depois do trabalho quando trabalhava no Centro (lotava). Tropa de Elite 1, Cavaleiro das Trevas, Cassino Royale e muitos outros....


onstantine
25/01/2011 - 13h 17m


Payperview e Musique


Concordo que devem ser criadas alternativas de emprego mas o que vc disse é o mesmo que dizer que o traficante o bicheiro também possuem famílias para sustentar.


Musique
O preço do DVD já caiu bastante hoje em dia. Vc pode encontrar dvd duplos (inclusive) de filmes ótimos por R$ 12.00. E lançamentos o preço cai em um ano. O cinema que poderia sim baixar um pouco.


Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 12h 41m


Eu faço questão de ir ao cinema... Vou, em média, 2x por semana. É um gostinho completamente diferente. Como dica para quem acha que o cinema tá caro, no grupo Severiano Ribeiro existe aquela promoção de pagar meia (tanto na entrada como na pipoca/refrigerante) para cliente Itaucard. Já no Cinemark, existe a promoção do Claro Clube para pagar meia (Cliente MASTER paga meia para o acompanhante tb). Vale a pena dar uma pesquisada, pessoal! Bom cinema pra todos nós! :)


SouthAmerica
25/01/2011 - 12h 30m


De qualquer forma nao tem nada igual a assistir no telão do cinema, muito melhor do que em DVD




SouthAmerica
25/01/2011 - 12h 26m


A solução é estrear na mesma data que nos EUA.


Essa coisa de esperar 2 meses para estrear no brasil é coisa de VELHO

Boladaço
25/01/2011 - 12h 19m


Concordo com o Allan, a solução é baixar os preços dos ingressos de todos os cinemas e dos DVDs.


carlos alves
25/01/2011 - 12h 17m


Para baixar um filme na NET é preciso ter um programa instalado. Depois precisa baixar a legenda e depois juntar a legenda ao filme e para finalizar transformar esse pacote em DVD e gravar. Pouca gente sabe fazer isso e a maioria não tem paciencia. Os que vendem DVDs piratas sabem e fazem suas copias. A maioria que gosta de cinema vai ao cinema. Por exemplo, ver Avatar em video não é a mesma coisa que ver no cinema, e por aí vai. Se a industria não estivesse faturando já teria parado.


Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 12h 15m


A propósito, "Cisne Negro" é sensacional. Minha maior torcida no Oscar vai para a Natalie Portman.


aleteia
25/01/2011 - 12h 07m


Acredito Marcel que esses grupos não queiram "perder" dinheiro com filmes que podem não ser um sucesso tão estrondoso qt eles previram.


Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 11h 57m


Na minha opinião, não existe nada mais decepcionante do que assistir o Globo de Ouro e nem ao menos saber se tal filme mereceu ou não ganhar o prêmio. Me sinto, de fato, em um país de 3º mundo. Acho que esta estratégia de segurar a estreia até a indicação do Oscar é furada. O que deviam mesmo fazer é uma SEMANA OSCAR nos cinemas, reservando algumas sessões apenas para aqueles indicados ao Oscar. Já dei esta sugestão a alguns grupos, mas parece não ser de interesse capitalista.


aleteia
25/01/2011 - 11h 54m


Boa parte do problema já seria resolvido se os filmes fossem lançados simultaneamente! ; )


Marcelo de Jesus Delfino
25/01/2011 - 11h 52m

Bem fez a Columbia Pictures, que lançou A Rede Social no ano passado. Eu vi o filme no cinema. É sensacional. Os que ainda reclamam do filme é porque ficam procurando por um herói, mas o filme não tem heróis. Mesmo o protagonista (o Mark, criador do Facebook) é um anti-herói, como bem retrata o filme.

I-sa-bella
25/01/2011 - 11h 52m


Desculpe, mas o Kevin é que está falando bobagem. Os horários promocionais são geralmente à tarde e nos dias úteis, horário em que a maioria dos que têm mais de 18 e menos de 60 estão trabalhando (sem direito a meia entrada). Quanto à roubar uma Pajero, não tem nada a ver com o assunto por aqui...


I-sa-bella
25/01/2011 - 11h 47m


22,00 a entrada no Cinemark! um assalto.
Claro que tem gente que faz o download mesmo e faz a pipoca no microondas em casa... enquanto tiver pirataria, vai ter gente baixando, isso é óbvio...


mcm
25/01/2011 - 11h 45m


Obrigado, O Globo! Agora já sei como assistir aos filmes pela Internet!


KevinArnold
25/01/2011 - 10h 22m


Allan etá falando muita bobagem. Concordo que o ingresso anda caro, e a bomboniere mais ainda. Mas existem promoções. Menores de 18 anos anos, estudantes ou não, pagam meia quem qualquer sessão. Durante a semana o ingresso é mais barato. E por ai vai. Se o problema "preço" for a única coisa a levar em consideração, eu posso então roubar um PAJERO zerinho numa concessionária só porque eu querote-lo e não posso pagar, já que é muito caro (mais de 100 mil reais).


Payperview
25/01/2011 - 10h 18m


Conheço um vendedor de rua de dvds piratas,
que desse "trabalho" sustenta a família
composta por ele a mulher e 4 filhos pequenos.
Safado, deve estar tirando a comida da
boca dos filhos do Brad Pitt


Musique
25/01/2011 - 09h 51m


É muito simples: abaixem os preços dos ingressos de cinema e dos DVDs ou Blu-rays vendidos e verão como a pirataria irá dimunuir. Mas isso é utopia. O pessoal só quer mesmo é saber de colocar dinheiro no bolso!


allan augustus - email
25/01/2011 - 09h 39m


Acho que se os ingressos fossem mais baratos, como na epoca dos cinemas de rua, nao teria tanta pirataria. Um pai com 3 filhos querendo levar todos ao cinema mais ele e a esposa , com ingresso à R$18 ele teria que ter R$90,00 fora pipoca, refri que são preços exorbitantes. Não é mais pratico ele ir lá na frente do Av. Central e comprar por 10,00 e assistir em casa?!?!?!


O que mata são essas redes de cinema em shopping, eles dão o tiro no pé da industria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário