Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Balas perdidas atingem vagão de trem no Rio de Janeiro

Realmente, o Rio está pacificado. Não é mesmo, Cabral Filho?

Fonte: O Dia.

Rio - Dois passageiros foram atingidos por balas perdidas dentro de trem da SuperVia na altura da Favela de Manguinhos, subúrbio do Rio, no início da noite de ontem. A composição chegava à estação do bairro no momento em que PMs trocavam tiros com traficantes na entrada da Favela de Manguinhos. As vítimas foram atendidas no Hospital Geral de Bonsucesso e não correm risco.


O tiroteio ocorreu por volta das 18h30, quando equipe do 22º BPM (Maré) perseguia dois rapazes suspeitos numa motocicleta. A dupla foi abordada na esquina das ruas Uranos e Capitão Bragança, mas o piloto acelerou em direção à favela e os policiais foram atrás. Perto de um acesso à comunidade, traficantes dispararam contra a viatura. Os PMs revidaram. Nenhum dos bandidos foi capturado, mas os policiais conseguiram deter os dois motoqueiros.


O trem ficou no meio do fogo cruzado. Funcionário do setor de inteligência da Marinha, o marinheiro Marcos Rocha, 24 anos, foi alvejado com tiro no braço e estilhaços no rosto. O outro passageiro, Jorgemar Meirelles Alves, 38, foi ferido no antebraço esquerdo. Segundo a SuperVia, o incidente não atrapalhou o tráfego no ramal de Saracuruna.


Os dois motoqueiros foram levados para a 21ª DP (Bonsucesso), mas não havia nada de irregular e eles foram qualificados como testemunhas no registro do caso.


Pastor foi vítima em 2010


Em 26 de fevereiro do ano passado, pastor evangélico foi baleado dentro de trem da SuperVia, na Estação Guilherme da Silveira, entre Padre Miguel e Bangu, durante tiroteio entre PMs e traficantes da Favela Vila Vintém, na Zona Oeste.


O tráfego entre as estações de Deodoro e Bangu ficou interrompido por 45 minutos, segundo a SuperVia. No confronto, um suposto bandido morreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário