Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Deixou o netinho sozinho em casa e foi pro baile fânqui

Atentem para os detalhes desta notícia bizarra. Resta agora saber se são avós e crianças distintas ou se são a mesma avó e a mesma criança, já que os nomes das ruas diferem mas os outros dados coincidem.

Essa notícia absurda deve até ter tirado a concentração dos jornalistas.

Fonte: Terra.

Criança deixada em casa pela avó morre carbonizada em SP
30 de janeiro de 2011 • 11h32 • atualizado às 11h45


Uma criança de três anos morreu carbonizada nesta madrugada após um incêndio em um barraco na rua Túlio Quintiliano, no bairro Serra Pelada, zona oeste de São Paulo.


De acordo com a Polícia Militar (PM), o incêndio aconteceu por volta das 3h30, enquanto a avó da criança estava em um baile funk. A avó, uma empregada doméstica de 36 anos, foi ao baile por volta da 1h e retornou para casa depois das 4h30, quando o fogo já havia sido controlado.


Ela foi presa em flagrante, e o caso foi registrado no 51º DP, onde prestou depoimento. Segundo a PM, a mãe da criança também prestou esclarecimentos. As causas do incêndio ainda são incertas.

Fonte: O Globo.

Menino de 3 anos deixado sozinho em casa pela avó morre em incêndio em SP

SÃO PAULO - Um menino de 3 anos morreu carbonizado, na madrugada deste domingo, em uma residência na região do Rio Pequeno, Zona Oeste de São Paulo. Guilherme de Jesus foi deixado sozinho em casa pela avó, Rosângela de Jesus, de 36 anos. Segundo a polícia, ela tinha ido a um baile funk.



O incêndio aconteceu por volta das 3h30m, em um barraco na Rua Engenheiro Heitor Antonio Eiras Garcia. A Polícia Militar foi acionada e, quando chegou ao local, encontrou vizinhos com baldes com água tentando apagar as chamas. Dentro do barraco, atrás da porta, os policiais militares encontraram o corpo da criança, perto do fogão e de um botijão de gás.


Rosângela, que cuidava da criança desde o nascimento e havia saído de casa por volta da 1h, retornou ao local três horas e meia depois. Ela foi presa em flagrante e indiciada por abandono de incapaz e incêndio culposo, quando não há intenção de matar.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Aonde está a Nossa Rádio Relógio?

Quinta-feira, 30 de dezembro de 2010.
De: Rubens Requena Filho
Para: Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro

Prezados senhores,


Simplesmente é um absurdo acabarem com a programação original da Radio Relógio!

Por gentileza, comunicar os grandes compradores da rádio, que tem pessoas de todas as religiões (católicos, crentes, espíritas, budistas e etc.) que utilizavam e também acertavam os seus respectivos relógios pela grande Radio Relógio 550 kHz. Que a referida estação abrange todos os municípios do estado do Rio de Janeiro (NORTE, SUL, LESTE E OESTE).


Será que as pessoas que adquiriram não tem sensibilidade? Deixar de ser egoísta só pensando na sua crença e deixando os demais "vendo navio" sem orientação em questão de horário e demais informações o público fica mais a quem. Não e só de religião que elas vivem. Estão manipulando as pessoas deixando de dar as informações necessárias para quem vive nesse universo da comunicação.


Tenho dó de Jesus, ele não tem sossego e todo instante só falando dele!!!!!!!!???

Favor providenciar um abaixo assinado para voltar a programação original.

Atenciosamente,

Rubens Requena Filho


Sexta-feira, 31 de dezembro de 2010.

De: Marcelo Delfino
Para: Rubens Requena Filho

Prezado Rubens

No momento, não tenho estrutura para fazer um abaixo-assinado dessa natureza. O que posso fazer é publicar sua carta, tornando-a pública. Gostaria de vê-la publicada? Só não colocarei e-mail nem telefone.


Eu mesmo avisei na resenha da Nossa Rádio Relógio que eles tinham tirado o relógio que dava nome pra rádio. Os caras perderam a FM 89,3 para a Rádio Globo. Resolveram descontar no pobre AM.


Agradeço pela atenção. Feliz 2011.

Atenciosamente,

Marcelo Delfino

Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro

http://www.radiorj.com.br/
http://twitter.com/radiorj



Quarta-feira, 5 de janeiro de 2011.
De: Rubens Requena Filho
Para: Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro

Prezado Marcelo Delfino

Bom dia,

Por gentileza, pode publicar à vontade. O fanatismo seja em qualquer situação, na religião, no esporte (futebol) ou em outras atividades. É um comportamento totalmente chulo. É a mesma coisa que a ditadura (sem opção para sua vida).


O brasileiro está confundindo democracia com anarquia, pode fazer qualquer coisa sem dar satisfação para o próximo, sem dar o direito de ir e vir. O valor de um brasileiro está na conta bancária ou estilo de vida, estão esquecendo do caráter, do respeito das pessoas.


Desculpe, e só um simples brasileiro dando a sua opinião.

Assim mesmo, feliz ano de 2011 cheio de realizações positivas e principalmente a SAÚDE.

Abraços
Rubens Requena Filho


Texto publicado originalmente no Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro.

sábado, 29 de janeiro de 2011

Assaltantes roubaram caminhão que levava exemplares da Carta Capital para o Rio de Janeiro

Resposta para Com Texto Livre:

Putizgrila! Levaram o caminhão com a Carta Capital para o Rio de Janeiro? Pra vocês verem a quantas anda a política de insegurança pública do Governo Federal (que manda na Polícia Rodoviária Federal) e do governo lulo-dilmista de Sérgio Cabral Filho. E olha que a Carta Capital não é nenhuma revista golpista, e sim uma revista assumidamente chapa branca. Imaginem se a revista fosse golpista. As "otoridades" dariam até um jeito de ninguém ficar sabendo do assalto.

Esse assalto pode, sim, ser também considerado um atentado à liberdade de imprensa. Não como as dondocas do PiG golpista gostam de alardear sobre si mesmos (defendendo a liberdade da empresa, não de imprensa), mas de outra maneira.

Por outro lado, é bom a Polícia Civil investigar pra ver se o PiG está ou não envolvido nesse assalto. Mas será que Cabral Filho deixará a Polícia Civil seguir essa linha de investigação?

Um futuro melhor está chegando na TV aberta? BBB tem o pior Ibope da história em Sâo Paulo

Depois que o Domingão do Faustão teve o pior Ibope de sua história e depois do fim do Casseta & Planeta Urgente, agora é a vez da Big Bosta Brasil obter seu recorde negativo.

Parabéns aos paulistas. Espero que os demais brasileiros sigam o exemplo.

Fonte: Folha de São Paulo, coluna Outro Canal, de Keila Jimenez.

"BBB 11" tem o pior ibope da história

O que prometia incendiar, com muitos solteiros por metro quadrado e até uma transexual entre os confinados, está frio, quase gelado, quando o assunto é audiência.


Pesquisa do Ibope na Grande São Paulo mostra que as duas primeiras semanas (de 11/1 a 25/1) no ar do "Big Brother Brasil 11" (Globo) registraram a pior média de audiência da história da atração: 26,4 pontos. Cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande SP.


No mesmo período de anos anteriores, o "BBB 10" teve 28,4 pontos, o "BBB 9", 32 pontos, e o "BBB 7", 39,5. O recorde nas duas primeiras semanas é do "BBB 5": 44,4.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Começou a pouca vergonha da Light em 2011

Tava demorando... A energia faltou aqui por volta de 0:40 de hoje, e só voltou por volta de 5:10.

Dormir, mesmo, só dormi, e muito mal, de 23h de ontem até 0:40 de hoje e de 2:30 a 5:10.

Distribuidores brasileiros adiaram estreia da maioria dos filmes vencedores do Globo de Ouro e candidatos ao Oscar

Comentários para matéria de O Globo (No dia do anúncio do Oscar, favoritos já estão disponíveis para download ilegal):

Marcelo de Jesus Delfino
25/01/2011 - 23h 08m

Bem fizeram George Lucas e os irmãos Wachowski, que pelo menos uma vez combateram os delays e a pirataria antes do lançamento.

Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith saiu na mesma hora (meia-noite) em todos os países onde foi lançado. Eu vi a sessão de 0:30, a primeira da história do cine Unibanco Arteplex 6.

Matrix Revolutions saiu exatamente na mesma hora no mundo todo, não importando o fuso horário. No Japão estreou de madrugada, e no Brasil foi às 11h, se não me engano.

Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 14h 46m


Eu não disse que o cinema não está caro... Concordo plenamente com vocês! Mas o problema aqui é outro. Muito da pirataria se deve pela defasagem de tempo entre a estreia nos EUA e no Brasil. O mesmo acontece com os seriados da TV Americana. Ngm quer assistir um American Idol no Brasil sabendo que "fulano de tal" já saiu, por estar em todas as manchetes. Reparem no sucesso dos lançamentos mundiais, que apesar de se tratar de blockbusters, tem bilheterias muito expressivas, sem importar o preço.


onstantine
25/01/2011 - 13h 19m


Marcell, o DVD caiu mas o cinema ainda é caro sim quase sempre. Essas promoções são para quem cartão isso ou aquilo, coisa que nem todos têm ou usam. O último cinema realmente barato era o Palácio no Centor que cobrava R$ 3.50 ou R$ 4.00 (inteiras) na quarta feira. Vi muitos filmes lá depois do trabalho quando trabalhava no Centro (lotava). Tropa de Elite 1, Cavaleiro das Trevas, Cassino Royale e muitos outros....


onstantine
25/01/2011 - 13h 17m


Payperview e Musique


Concordo que devem ser criadas alternativas de emprego mas o que vc disse é o mesmo que dizer que o traficante o bicheiro também possuem famílias para sustentar.


Musique
O preço do DVD já caiu bastante hoje em dia. Vc pode encontrar dvd duplos (inclusive) de filmes ótimos por R$ 12.00. E lançamentos o preço cai em um ano. O cinema que poderia sim baixar um pouco.


Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 12h 41m


Eu faço questão de ir ao cinema... Vou, em média, 2x por semana. É um gostinho completamente diferente. Como dica para quem acha que o cinema tá caro, no grupo Severiano Ribeiro existe aquela promoção de pagar meia (tanto na entrada como na pipoca/refrigerante) para cliente Itaucard. Já no Cinemark, existe a promoção do Claro Clube para pagar meia (Cliente MASTER paga meia para o acompanhante tb). Vale a pena dar uma pesquisada, pessoal! Bom cinema pra todos nós! :)


SouthAmerica
25/01/2011 - 12h 30m


De qualquer forma nao tem nada igual a assistir no telão do cinema, muito melhor do que em DVD




SouthAmerica
25/01/2011 - 12h 26m


A solução é estrear na mesma data que nos EUA.


Essa coisa de esperar 2 meses para estrear no brasil é coisa de VELHO

Boladaço
25/01/2011 - 12h 19m


Concordo com o Allan, a solução é baixar os preços dos ingressos de todos os cinemas e dos DVDs.


carlos alves
25/01/2011 - 12h 17m


Para baixar um filme na NET é preciso ter um programa instalado. Depois precisa baixar a legenda e depois juntar a legenda ao filme e para finalizar transformar esse pacote em DVD e gravar. Pouca gente sabe fazer isso e a maioria não tem paciencia. Os que vendem DVDs piratas sabem e fazem suas copias. A maioria que gosta de cinema vai ao cinema. Por exemplo, ver Avatar em video não é a mesma coisa que ver no cinema, e por aí vai. Se a industria não estivesse faturando já teria parado.


Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 12h 15m


A propósito, "Cisne Negro" é sensacional. Minha maior torcida no Oscar vai para a Natalie Portman.


aleteia
25/01/2011 - 12h 07m


Acredito Marcel que esses grupos não queiram "perder" dinheiro com filmes que podem não ser um sucesso tão estrondoso qt eles previram.


Marcell Defanti Soriano
25/01/2011 - 11h 57m


Na minha opinião, não existe nada mais decepcionante do que assistir o Globo de Ouro e nem ao menos saber se tal filme mereceu ou não ganhar o prêmio. Me sinto, de fato, em um país de 3º mundo. Acho que esta estratégia de segurar a estreia até a indicação do Oscar é furada. O que deviam mesmo fazer é uma SEMANA OSCAR nos cinemas, reservando algumas sessões apenas para aqueles indicados ao Oscar. Já dei esta sugestão a alguns grupos, mas parece não ser de interesse capitalista.


aleteia
25/01/2011 - 11h 54m


Boa parte do problema já seria resolvido se os filmes fossem lançados simultaneamente! ; )


Marcelo de Jesus Delfino
25/01/2011 - 11h 52m

Bem fez a Columbia Pictures, que lançou A Rede Social no ano passado. Eu vi o filme no cinema. É sensacional. Os que ainda reclamam do filme é porque ficam procurando por um herói, mas o filme não tem heróis. Mesmo o protagonista (o Mark, criador do Facebook) é um anti-herói, como bem retrata o filme.

I-sa-bella
25/01/2011 - 11h 52m


Desculpe, mas o Kevin é que está falando bobagem. Os horários promocionais são geralmente à tarde e nos dias úteis, horário em que a maioria dos que têm mais de 18 e menos de 60 estão trabalhando (sem direito a meia entrada). Quanto à roubar uma Pajero, não tem nada a ver com o assunto por aqui...


I-sa-bella
25/01/2011 - 11h 47m


22,00 a entrada no Cinemark! um assalto.
Claro que tem gente que faz o download mesmo e faz a pipoca no microondas em casa... enquanto tiver pirataria, vai ter gente baixando, isso é óbvio...


mcm
25/01/2011 - 11h 45m


Obrigado, O Globo! Agora já sei como assistir aos filmes pela Internet!


KevinArnold
25/01/2011 - 10h 22m


Allan etá falando muita bobagem. Concordo que o ingresso anda caro, e a bomboniere mais ainda. Mas existem promoções. Menores de 18 anos anos, estudantes ou não, pagam meia quem qualquer sessão. Durante a semana o ingresso é mais barato. E por ai vai. Se o problema "preço" for a única coisa a levar em consideração, eu posso então roubar um PAJERO zerinho numa concessionária só porque eu querote-lo e não posso pagar, já que é muito caro (mais de 100 mil reais).


Payperview
25/01/2011 - 10h 18m


Conheço um vendedor de rua de dvds piratas,
que desse "trabalho" sustenta a família
composta por ele a mulher e 4 filhos pequenos.
Safado, deve estar tirando a comida da
boca dos filhos do Brad Pitt


Musique
25/01/2011 - 09h 51m


É muito simples: abaixem os preços dos ingressos de cinema e dos DVDs ou Blu-rays vendidos e verão como a pirataria irá dimunuir. Mas isso é utopia. O pessoal só quer mesmo é saber de colocar dinheiro no bolso!


allan augustus - email
25/01/2011 - 09h 39m


Acho que se os ingressos fossem mais baratos, como na epoca dos cinemas de rua, nao teria tanta pirataria. Um pai com 3 filhos querendo levar todos ao cinema mais ele e a esposa , com ingresso à R$18 ele teria que ter R$90,00 fora pipoca, refri que são preços exorbitantes. Não é mais pratico ele ir lá na frente do Av. Central e comprar por 10,00 e assistir em casa?!?!?!


O que mata são essas redes de cinema em shopping, eles dão o tiro no pé da industria.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Há a direita não assumida e a direita assumida

Resposta para Mingau de Aço:

Alexandre Figueiredo disse:

"O direitista não se assume de direita. Como as próprias instituições direitistas não se assumem como tais."

Isso aqui na terra brasilis, Alexandre. Em países sérios, a direita se assume como tal. Vence eleições, perde outras, vence de novo, perde novamente e assim por diante. E assim segue a democracia nos países sérios.

Aqui é que temos essa direita envergonhada. Dentro e fora do Governo. Os direitistas assumidos são poucos, e estes mesmos estão divididos entre os sem representação partidária (nem DEM nem PSDB os representam, figuras tipo Olavo de Carvalho) e os direitistas assumidos do PP, que fazem campanha para Lula e para Dilma por acharem eles mais à direita de figuras grotescas dos anos 60 como José Serra e Cesar Maia, que eles julgam como esquerdistas.

Há ainda um eleitorado de direita muito bem alimentado, inclusive pelos progressos do governo Lula-Dilma. Quando emergir uma direita assumida no quadro partidário (que não incluirá nem DEM nem PSDB), isso poderá representar o fim da esquerda no Governo.

Se a esquerda ainda quiser fazer algo que preste, que aproveite a Era Lula-Dilma. Pode não haver nova oportunidade.

24 de janeiro de 2011 13:32

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Os bastardos de direita e o fenômeno Lula

Resposta para Blog da Cidadania:

Não adianta nem os bastardos da direita ficarem torcendo pela morte do Lula antes da eleição de 2014, porque mitos sobrevivem assim mesmo. São capazes de influenciar o cenário eleitoral durante décadas após a morte.

Apresentem boas alternativas, como faz parte da direita em países civilizados.

Mas, pelo jeito, é mais fácil os nacionalistas apresentarem boas alternativas ao lulo-dilmo-petismo que a direita tupiniquim.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

'Domingão do Faustão' registra a pior audiência de sua história

Não vejo essa bagaça há anos... 12 pontos ainda é mais do que o programa merece.

Se houvesse Ibope abaixo de zero, seria o merecido.

Fonte: Terra.

25 de janeiro de 2011 • 09h02


De acordo com a coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo, o programa Domingão do Faustão, apresentado por Fausto Silva, na TV Globo, registrou a pior audiência desde sua estreia.

Segundo a publicação, foram 12 pontos marcados no Ibope. O programa está no ar desde o dia 26 de março de 1989. Cada ponto equivale a 60 mil televisores.

Padre Belizário pede "impeachment" do governador Sérgio Cabral Filho

Essa saiu no último dia 19 na coluna do Ancelmo Gois:

Calma, padre


Por causa da tragédia na Região Serrana do Rio, o padre Marcos Belizário, da Igreja dos Santos Anjos, no Leblon, pediu na missa das 9h de domingo, acredite, o impeachment de Sérgio Cabral.

Não demora, virão as dondocas lulo-dilmo-cabralistas dizendo que o padre é golpista.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Sobre a independência (?????) de Paulo Henrique Amorim

Respostas para postagem anterior:

Provos Brasil disse...


O PHA se apoderou a expressão PIG, quem a criou foi o ciêntista político carioca Wanderley Guilherme dos Santos!


Louco o seu blog!


Provos Brasil


15 de janeiro de 2011 11:09

Marcelo Delfino disse...

Eu já sabia que o PHA tinha se apoderado da definição de PiG elaborada por outra pessoa. Sendo um aliado do Bispo Macedo, pode se esperar tudo.

E, de fato, Brasil, um País de Tolos é um blog louco, sob a ótica do politicamente correto e do politicamente incorreto, duas faces da mesma moeda, como já disse meu amigo Alexandre Figueiredo, do Mingau de Aço.

15 de janeiro de 2011 11:18

edior disse...


Manuel Delfino,


Se o Paulo Henrique Amorim é aliado do Bispo Macedo, porque vc não chama quem trabalha no Globo de aliado dos Marinho, quem trabalha na Folha de aliado dos Frias, e quem trabalha na Abril de aliuado dos Civita? O Conversa Afiada é um blog independente, no qual o PHA nunca citou, e muito menos defendeu, o Edir Macedo.


24 de janeiro de 2011 11:32

Marcelo Delfino disse...

São comentários como o de cima que justificam o nome do blog.

Pra começar, meu nome é Marcelo, não Manuel. E aqui eu baixo porrete em quem quiser. Baixo porrete nas famiglias na hora que bem entender, da forma que quiser.

O caso de Edir Macedo é diferente. Não é o caso do domínio de uma família Macedo, Bezerra ou Crivella. É o caso da dominação de uma teocracia baseada nos dízimos e ofertas, fonte de renda que as famiglias não dispõem. Por isso que o grupo Record-IURD cresce tanto e os grupos famigliares encolhem.

24 de janeiro de 2011 12:34

Marcelo Delfino disse...

Tem mais. PHA não é independente aqui nem em lugar algum. É dependente de Edir Macedo, chapa-branca e membro do PiG: Partido da Imprensa Governista. Nem precisa defender Edir Macedo e o Governo. Basta atacar os adversários de ambos, coisa que ele faz com afinco.

Eu dou gargalhada quando alguém diz que PHA é independente, até mesmo de Edir Macedo e do grupo Record-IURD.

24 de janeiro de 2011 12:49

Rede Record publica material sem autorização


Só que o cinegrafista amador está mais preocupado em gravar e vender imagens da tragédia alheia (e, ainda por cima, preferencialmente para a Globo) que com seu amigo vítima de soterramento na Região Serrana.

No que diz respeito às redes Record e Globo, eu é que não vou me meter nessa briga de cachorro grande.

domingo, 23 de janeiro de 2011

PT, PSDB, reforma política e comentário do editor do blog inspiram postagem de Hélio Fernandes

Fonte: Tribuna da Imprensa.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 | 05:05


Marcelo de Jesus Delfino: “Não adianta. O PSDB está definitivamente preso ao passado, à Era FHC. Não voltará à Presidência, jamais. O eleitorado já decidiu. O PSDB é o passado e o PT é o presente. O futuro a suplantar tudo isso há de ser bem melhor”.


Comentário de Helio Fernandes: De uma coisa você tem razão. Embora seja difícil marcar os tempos. O passado não é rigorosamente o tempo que passou, principalmente em termos de política eleitoral. O presente seria mais fácil de determinar ou localizar, mas o PT será Lula-Dilma-Lula? De qualquer maneira, tenho estabelecido minhas dúvidas, que se parecem com as tuas. Se não fizeram a imprescindível reforma partidária, tudo será passado, não teremos futuro.


PS – Em tempo: ela não fará nenhuma das modificações exigida para participarmos de um futuro, verdadeiramente representativo.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Indicação do blogue para o Framboesa de Ouro

Lula, o Filho do Brasil
É uma vergonha que o Ministério da Cultura não tenha indicado um filme melhor para concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Deviam ter indicado o Nosso Lar (vencedor da enquete do Ministério sobre a indicação brasileira para o Oscar), o Chico Xavier (que inaugurou essa tendência de filmes com temas espíritas e é por enquanto o único filme realmente excelente da série; eu vi e recomendo) ou o Tropa de Elite 2, que mesmo sendo um filme de tiros e pancadaria como tantos outros lá mesmo dos EUA, é bem feito e tem uma história contundente sobre o domínio das milícias no Rio de Janeiro.

Mas, não. Preferiram fazer politicagem com o cinema nacional.

Já que o filme do filho bastardo do Brasil (indicado pelo Ministério) não vai mais ganhar o Oscar, podiam indica-lo para o Framboesa de Ouro de pior filme. Se indicarem, ganhará fácil.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Sobre "canções de protesto" na Música de Cabresto Brasileira

Resposta para Mingau de Aço:

Putz! Encontrar uma música contestatória no repertório da Música de Cabresto Brasileira? Ô, tarefa difícil...

Por quê gravar essas músicas, se a própria música de cabresto é concebida para preservar o status quo?

O tal Rap da Felicidade eu tive a oportunidade de ouvir atentamente, letra por letra. Posso dizer que é uma música conformista: o miserável se conforma com sua situação e pronto. Não tem nada de contestatório nesta música.

Com muita boa vontade (e bota boa vontade nisso), alguém poderia colocar a música Xô, Satanás do Asa de Águia como uma bem humorada contestação aos pseudo-exorcistas que ficam ricos explorando a fé alheia. Mas até esta inclusão cai por terra, ao sabermos que até uma ultrarreacionária Rede Globo também pode fazer esse tipo de "protesto", mas somente por ter interesse próprio, já que sente seu poder ameaçado pela Rede Record-IURD.

Algum leitor quer consertar uma vitrini e uma máquina de lavar Electrôlus?

Se alguém quer, basta marcar uma visita com os caras que fizeram esse cartaz aí, pendurado num poste na rua Casemiro de Abreu, em Pilares, Zona Norte do Rio de Janeiro. E vai ter que ir lá anotar os telefones, que eu não sou besta de colocar telefones aqui sem autorização. Por isso que apaguei os telefones da foto.

Bem que esta foto podia sair na série Pracas do Braziu, do Kibe Loco. Mas já tentei mandar outras fotos para lá, sem sucesso. Então publico aqui, mesmo.

Mais uma reportagem do Partido da Imprensa Golpista empurrando a Música de Cabresto Brasileira ouvido abaixo

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

George Lucas acredita que mundo vai acabar em 2012

Só assim escaparemos de desgraças como a refilmagem da Trilogia Clássica de Star Wars ou o vergonha da politicagem nacional na Copa 2014 e na Olim Piada 2016.

Fonte: Yahoo.

19/01/2011 11h42 - Do Cineclick


O ator Seth Rogen (Monstros vs. Alienígenas) falou, durante uma entrevista ao Toronto Sun, sobre um encontro que teve com Steven Spielberg (Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal) e George Lucas (Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith). O curioso é que eles não falaram exatamente sobre cinema. Durante 25 minutos, Lucas preferiu falar da sua teoria sobre o fim do mundo em 2012.


"George Lucas sentou-se e começou a falar seriamente por 25 minutos sobre como o mundo vai acabar em 2012. É verdade, ele acredita nisso", relata o ator, que poderá ser visto a partir de 18 de fevereiro nos cinemas em O Besouro Verde. "Ele falou das placas tectônicas e o tempo todo Spielberg estava olhando para os lados, pensando 'meu amigo nerd não cala a boca, desculpe'".


Ele disse que, durante os primeiros minutos, achou que Lucas estava brincando, mas então refletiu: "Se você é George Lucas e acha que o mundo vai acabar em um ano, é impossível que você não tenha construído uma nave para você mesmo. Então, eu perguntei para ele se eu poderia ter um lugar em sua nave. Ele disse que ainda não tem uma, mas tenho certeza que existe uma Millenium Falcon [uma das naves de Star Wars] em alguma garagem escondida com um piloto pronto para voar. Nela só estará ele e Spielberg e eu apenas vou explodir com o resto do mundo."

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Depois de anos malhando Lula, Cristiana Lobo puxa o saco de Dilma Rousseff

Se é que isso é anatonicamente possível... rs

Quero só ver quanto tempo Cristiana Lobo durará nas Organizações Globo. Que eu saiba, ela já não está presente na Época, na CBN e muito menos na Rede Globo. Ela tem uma coluna n'O Globo e está todo dia na Globo News.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Combate ao neoliberalismo global fora da panela progressista

Resposta para Mingau de Aço:

Quando Evgeny Morozov disse que não é possível derrubar governos através de blogs, talvez ele estivesse falando do Coturno Noturno, dos blogs do PiG golpista, do blog do Instituto Millenium ou dos blogs da extrema direita. Bem que eles tentaram derrubar a dupla Lula-Dilma, mas não conseguiram.

Falta este blog reconhecer que abordagens diferentes da linha neoliberal global (referente às Organizações Globo) não são privilégios de blogs progressistas, dondocas progressistas ou coisa parecida. Blogs conservadores e blogs neutros estão também engajados nessa briga. Agora mesmo o amigo Ricardo Gama está repercutindo as denúncias do JB sobre favorecimentos do governo Cabral Filho à Fundação Roberto Marinho. Brasil, um País de Tolos também repercutiu esta e outras notícias nada favoráveis aos globais.

Mas admitir que há vida inteligente, honesta e íntegra fora da panela progressista está fora de cogitação no Mingau de Aço.

Por quê as Organizações Globo são contra o Governo Dilma mas a favor do governo lulo-dilmista de Cabral Filho



Mais detalhes no blog do Ricardo Gama, ontem.

A banheira do fânqui

Foi Roberto Carlos quem deu a partida nessa onda de cruzeiros marítimos musicais. A partir daí, um monte de gente começou a tirar sua casquinha. Inclusive cantores gospel e padres cantores.

Agora, já tem barão do fânqui de olho no filão. Não demora muito, chegará a vez do pessoal das aparelhagens "sem mídia".

Fonte: Ancelmo Gois, coluna de 16 de janeiro de 2011.

Cruzeiro do Funk


Veja como cruzeiros de navio estão ficando cada vez mais populares por aqui.

Rômulo Costa, o empresário do funk carioca, acerta para dezembro o Cruzeiro do Funk, para 3 mil passageiros. Como o de Roberto Carlos, vai percorrer os litorais fluminense e santista.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Piada: Roda Viva chama Jaime Lerner para falar de transportes e prevenção contra desastres

Estou assistindo agora uma entrevista do ex-prefeito, ex-governador, ex-Arena, ex-PDT, ex-PFL e hoje neossocialista (do PSB) Jaime Lerner. Tecnocrata abaixo da crítica, Lerner é o responsável pela concepção do sucateado sistema curitibano de ônibus, com uma xexelenta estatização não declarada: a Prefeitura comanda com mão de ferro as operações, e as empresas entram somente com os rodoviários, a manutenção e os ônibus padronizados, que só podem ser comprados quando o prefeito tem "boa vontade". Na verdade, de quatro em quatro anos, quando ocorre a eleição municipal.

Agora o outrora combativo Roda Viva virou uma insossa entrevista ultracontrolada por Marília Gabriela e poucos entrevistadores. Numa hora em que se discute pela enésima vez a prevenção contra desastres (agora que aconteceu um na semana passada na Região Serrana fluminense), os caras chamam um dos piores nomes possíveis para falar não só desse assunto, mas também de transportes.

Já que o eleitorado paulista fez de São Paulo uma Tucanolândia, os tucanos aproveitam para sucatear as instituições públicas cada vez mais. A programação da TV Cultura piora a olhos vistos.

Pela sua faixa etária e sua trajetória política (foi prefeito biônico nomeado pelo regime militar), Jaime Lerner é, no fundo, um ancestral do lulo-dilmista de alma demo-tucana Eduardo Paes. Que também gosta de uns ônibus padronizados xexelentos mal e porcamente controlados pela Prefeitura através de uma estatização não declarada.

P.S: Comentários incorporados:

Leonardo Ivo disse...


Eu vi e ainda aproveitei para avisar o Alexandre Figueiredo sobre esta entrevista, uma vez que ele é um crítico feroz dele. O mais surpreendente nesta entrvista é ver que o Lerner só falou besteiras e foi esculachado pelos entrevistadores.


18 de janeiro de 2011 00:38

Marcelo Delfino disse...

Eu vi essa bagaça até o final. Jaime Lerner é tão medíocre que não restou outra alternativa aos entrevistadores senão imprensar o sr. Lerner. Senão ia pegar mal pra eles até na emissora.

18 de janeiro de 2011 07:03

Para defender a AeMização do FM, O Globo seleciona cartas dos leitores

Escrito em 14 de janeiro de 2011 por Raimundo Antônio Vieira Neto via Orkut.

Li o texto A Era do Rádio, do Segundo Caderno, enviei minha opinião ao "cartas dos leitores", mas a opinião que li foi de uma outra pessoa (Paulo Cesar Ferreira), que é indiretamente ligada ao SGR. e que impressiona nos "elogios" as tais CBN, Globo AM+FM, Tupi, e nas colocações pejorativas às rádios Oi FM e Roquette Pinto (Nota da Redação: PC Ferreira se referiu ao Ibope da Oi FM e da Roquette FM), ambas bem melhores (MUSICALMENTE) que a CBN, que tirou do ar a Globo FM, lembram?

O que me impressiona é a forma como foi falada a "aemização do FM" e as "all news", parecem ver com uma visão salvadora do dial, e é óbvio que não é, aliás, é o contrário. Quem quer ouvir boa música (um bom Rock por exemplo), por favor! Não ligue o rádio! (ou se mude pra SP). Baixe suas músicas em MP3 e escute-as no seu celular. E o governo ainda reclama que os jovens não ouvem rádio, "TA AÍ" um dos "PORQUES".

Obs: A AM está acabando? Cadê o Sistema Brasileiro de Rádio Digital? AM com som de FM? FM com som digital? Mais canais em uma só frequência seria a salvação, mas cá entre nós, é interessante para os grandes grupos?

NOTA DO EDITOR

Eu mandei uma carta outro dia para O Globo sobre essa matéria de domingo passado (texto aqui). Que eu saiba, não foi publicada. Eu já imaginava que não publicariam. Mas a carta tendenciosa de PC Ferreira foi publicada.

Bem democrático esse O Globo...

Texto publicado originalmente no Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Money for Nothing é banida de rádios canadenses

Uma notícia do Canadá, que também tem seus tolos.

Chega a ser o cúmulo da ironia a patrulha GLBTT se virar contra uma banda com o perfil do Dire Straits.

Fontes: Terra e PavaBlog.

Música do Dire Straits é banida de rádios canadenses


Publicado por Chicco Sal em 15 de janeiro de 2011, sábado. Às 06:00


O Canadian Broadcast Standards Council, órgão que regula as rádios no Canadá, declarou que a música Money For Nothing, um dos maiores sucessos do grupo Dire Straits, é “inaceitável” para veiculação, informa o site Undercover.


No ano passado, um ouvinte prestou queixa na CSBC pela aparição da palavra “faggot (bicha)” na letra da música. Na quarta-feira (12), o órgão expediu uma norma dizendo que veicular Money For Nothing é uma violação das cláusulas sobre Direitos Humanos do código de ética da Associação Canadense de Emissoras de Rádio e TV, por “se referir à orientação sexual de forma degradante”.


Money For Nothing já foi acusada de ter uma letra sexista, pelo trecho que cita “chicks for free (garotas de graça)” e racista, pela frase “banging on the bongos like a chimpanzee (batendo nos bongôs como um chimpanzé)”, mas nunca havia sido banida.


Confira a decisão oficial aqui.

Texto original publicado no blog Kiss FM 91,9 Rio de Janeiro.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Kaudeirão do Engenhão

Antes de fechar definitivamente este ponto, o dono do bar atropelou o bom senso e a língua portuguesa, com essa infame nova grafia para a palavra caldeirão.

Este bar fica no início da Rua da Abolição, no Rio de Janeiro. Na hora da foto, estava fechado. Mas, em breve, será fechado definitivamente ou mudará de endereço, pois o imóvel foi desapropriado para a construção do futuro Viaduto da Abolição, sobre a Linha Amarela, para religar os dois lados da referida rua.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O que um boateiro irresponsável pode provocar

Luiz Carlos Prates: um novo mártir para a extrema direita?

Resposta para Blog Interativo:

Não é bom dar um mártir para a extrema direita. Mas, enfim... Vai ver é isso mesmo que o grupo RBS queria.

Esse grupo RBS não dá ponto sem nó.

Sobre O Globo botando a culpa em Lula mais uma vez ("novisdades"...), agora pela tragédia na Região Serrana

Resposta para Com Texto Livre:

Há de se anotar que há governadores e prefeitos aliados do Governo Lula-Dilma e governadores e prefeitos oposicionistas. Se São Paulo virou a Tucanolândia, o Rio é governado pelo lulo-dilmista Cabral Filho. O jornal O Globo deveria lembrar de tudo isso.

Daqui a pouco esses golpistas vão botar a culpa em São Pedro. Será que vão querer derrubar Deus?

Enquanto O Globo continua o mesmo, aí no Sul a RBS mudou de PiG: de Golpista para Governista. Mandou embora aquele brucutu Luiz Carlos Prates. Não por ser brucutu, mas por fazer oposição ao PT. E atendendo pedidos da ministra Ideli Salvatti.

Um dia, desmascararemos os dois PiGs: o Governista e o Golpista.

zcarlos disse...


A RBS continua PIG Golpista assim mesmo.


Em SC contra Tarso Genro (PT); em SC a favor de Raimundo Colombo (Demo).


Abs!

Erro de digitação. Tarso Genro (PT) é governador do RS, não de SC. Mas tá ok, Zé Carlos.

Curiosamente, parte do eleitorado da ex-desgovernadora Yeda Crusius andava dizendo que a RBS trombeteou muito as falcatruas do governo gaúcho. Diga-se de passagem, o PiG de fora omitiu e muito a bandalheira do governo gaúcho. Golpistas, sim, mas não contra todos os governos. Para outros, o governismo.

Mas como tanto demo-tucanos gaúchos como petistas gaúchos resolveram fazer a política "mamãe eu quero" (um querendo chorar mais que o outro, pra mamar mais nas tetas da imprensa vendida), perdi a paciência com essa gente. Esses gaúchos que se entendam.

zcarlos disse...

É isso aí.

Abs!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Gado pronto para ser marcado

Esta foto de ontem à tarde me lembra as cabeças de gado que são reunidas para serem marcadas a ferro em brasa com algo que identifique seu proprietário. Neste caso, o "gado metálico" são ônibus urbanos da empresa carioca Verdun, estacionados no gramado de uma garagem de outra empresa: a Transurb.

Todos os ônibus tiveram o nome e número de ordem da empresa na Prefeitura do Rio retirados. Alguns ônibus mantinham apenas parte do número de ordem.

Normalmente, a Verdun faz isso com ônibus que põe à venda. É possível que estes ônibus tenham sido vendidos para a Transurb. E como o paespalhão mandou todas as empresas de ônibus urbanos cariocas se distribuírem em quatro malfadados consórcios sem autonomia operacional e comandados com mãos de ferro por burrocratas da Prefeitura, e ainda por cima com pinturas padronizadas, é provável que todos estes ônibus da foto recebam a nova farda militar pintura padronizada com tinta e adesivos acrílicos. Neste caso aqui, a marca não será do provável novo proprietário (a Verdun), mas a marca de mais uma ideia idiota de um prefeito paespalhão.

2012 está chegando. Se os cariocas otários não forem maioria, essa palhaçada acabará logo.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Museu da FEB fecha por falta de verbas. Enquanto isso, na governista UNE...

Fonte: Montedo.

País sem memória: Museu da Força Expedicionária Brasileira fecha por falta de verbas


Museu dos Pracinhas fecha...


A Associação Nacional dos Veteranos da FEB fechou as portas do prédio no centro do Rio, com 1. 500 peças, entre fotos, armas, uniformes e documentos da Segunda Guerra ameaçados pelos cupins.


...sem 1% da verba da UNE

O governador Sérgio Cabral diz ter implorado R$ 300 mil a Lula (ou 1% dos R$ 36 milhões destinados à UNE) porque “o Brasil é um país que não sabe transformar seus mortos em heróis”. Finalmente, acertou.

CLÁUDIO HUMBERTO

Postado por Ricardo Montedo às 05:58

RBS ingressa no PiG: Partido da Imprensa Governista

Resposta para Coturno Noturno:

É, Coronel. Paulo Henrique Amorim inventou a expressão PiG: Partido da Imprensa Golpista. Agora podemos dizer que a RBS mudou de lado. É agora do PiG: Partido da Imprensa Governista. E como!

Acredito que a RBS demitiu Prates não por ser ele um fascistóide, como de fato é. Mas porque é contra o PT. Se fosse um extremista da direita fisiológica ou da esquerda governista, ninguém da RBS ousaria mexer com ele.



Fonte: Coturno Noturno.

Quarta-feira, Janeiro 12, 2011
RBS demite Luiz Carlos Prates

Luiz Carlos Prates acaba de ser demitido pela RBS, afiliada Globo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Vitimado pelo servilismo da empresa de comunicação e pela virulenta campanha movida contra ele por Ideli Salvatti (PT-SC), derrotada fragorosamente nas eleições para o governo do estado, e por Paulo Henrique Amorim, blogueiro do esgoto e "âncora" da Rede Record. O motivo da perseguição deveu-se a um comentário que o jornalista fez de que pobre não deveria comprar carro, no sentido de que existem outras prioridades na vida de um indivíduo de poucas posses. Quem é honesto e decente, sabe perfeitamente o que ele quis dizer. E o disse de forma agressiva, direta, alterada, como é do seu feitio e estilo. Foi o que faltava para que o PT e suas ratazanas movessem uma verdadeira batalha, pedindo a sua demissão. A RBS não fez a mínima questão de resistir. Apenas deu um tempo para, em seguida, correr para lamber os pés dos governantes de plantão. O seu slogan deveria mudar para "tudo por dinheiro". Abaixo o vídeo em que Luiz Carlos Prates explica a sua polêmica declaração:



E aqui a nota da RBS, publicada hoje no Diário Catarinense:


Em decisão conjunta com a empresa, o colunista Luiz Carlos Prates está deixando de atuar nos veículos do Grupo RBS. O comunicador se afasta para seguir com projetos pessoais depois de mais de duas décadas no grupo. No DC, onde trabalhou por quase 23 anos, Prates começou escrevendo sobre esportes, passando a tratar sobre o cotidiano, área na qual também conquistou incontáveis admiradores.


– Sou grato pelo contato com os leitores e com o público. Parto para um novo ciclo em minha vida – diz o comunicador.


Durante o verão, o espaço da página 2 do DC será ocupado pela coluna Cadeira de Praia.


Postado por O EDITOR às 07:33:00

P.S 1: Prates dizendo que se preocupa com a condição humana e luta pela felicidade das pessoas foi a última piada dele na RBS.

P.S 2: Até este momento, 16:58, o Coturno Noturno não comentou meu comentário. Minha provocação deve ter melindrado o ilustre anônimo do outro blog. Independente é este blog aqui!

Viva as olimpíadas!

Viva as olimpíadas: Da falta de assistência médica, do analfabetismo, da falta de saneamento básico, do ensino fundamental precário, dos baixos salários de médicos, policiais e professores, da televisão digital que não funciona, da banda larga ridícula de menos de 10 megas, das empresas de aviação que não atendem a população, dos aeroportos que não revistam ninguém, dos trens urbanos sucateados e superlotados, dos indigentes que dormem nas calçadas e claro, da dengue que assola este país.

Autor: Genezio Ferreira Maciel - 11/01/2011 - 20h 07m - Comentário publicado em O Globo.

O tráfico de drogas voltou ao Complexo do Alemão, e bandidos estão matando moradores, revela o Exército

Isso me faz lembrar um antigo personagem de desenho animado, que dizia:

"Eu te disse! Eu te disse! Eu te disse! Eu te disse! Eu te disse!".

Fontes: Blog do Ricardo Gama e vídeo divulgado ontem.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Nem lã de aço melhorará imagem de tucanos no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul

Nesta era da TV analógica (prevista para acabar em 2016, não por coincidência o ano da Olim Piada 2016), é comum algumas pessoas tentarem melhorar a imagem da TV fixando lã de aço nas pontas das antenas internas da TV, aquelas duas varetas que formam um V. Dificilmente esse improviso dá certo.

Provavelmente os tucanos usarão lã de aço para tentarem melhorar a própria imagem no Rio de Janeiro. Por aqui, a imagem dos líderes do tucanato sempre foi a pior possível, devido aos milhares de desmandos da Era FHC. A ponto de, até hoje, os tucanos terem eleito apenas um governador na história do Rio: Marcello Alencar, que mesmo assim é um dos trocentos egressos do brizolismo e surfou na onda da popularidade do Plano Real, em 1994, como fez o próprio FHC. E, uma curiosidade: JAMAIS o PSDB elegeu um prefeito do Rio.

É evidente que os dois estados onde a imagem do PSDB é mais queimada são o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. São exatamente os dois estados mais politizados da federação. O que não impede que, vez ou outra, os dois estados elejam figuras grotescas notórias, inclusive do próprio PSDB. Até hoje, não se sabe ao certo por quê o Rio Grande do Sul elegeu em 2006 uma governadora tão grotesca quanto Yeda Crusius, a Margaret Thatcher dos pampas. Isso no mesmo ano da reeleição do presidente Lula.

Fonte: coluna Informe do Dia, ontem na página 8 de O Dia.

Tucanos batem asas para o Rio


Tucanos cariocas levaram à direção nacional do PSDB a proposta de promover uma campanha publicitária para recuperar a imagem do partido no Rio. Querem estimular os simpatizantes e fortalecer a legenda, que não lança candidato a prefeito desde 2000 (nota do blog: o candidato tucano naquele ano foi o empresário e então deputado federal Ronaldo Cezar Coelho, que viraria Secretário de Saúde do prefeito eleito Cesar Maia). Em reunião com Sérgio Guerra, presidente nacional do partido, um tucano ouviu que Rio e Rio Grande do Sul são os dois estados que mais preocupam o comando do PSDB.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

A decepcionante (como não poderia deixar de ser) matéria d'O Globo sobre o dial carioca

Mais uma das trocentas matérias tendenciosas feitas pela imprensa brasileira sobre o rádio. Bem ao estilo da histórica matéria de capa O mundo encantado das FMs, que a Veja publicou lá por volta de 1983/1984, que chegou a decretar a morte do AM.

A matéria de hoje saiu no Segundo Caderno de O Globo. Na Internet, publicaram a mesma matéria aqui, com o nome Uma nova era do rádio, e colocaram também uma lista de programas atualmente no ar do Rio de Janeiro, intitulada Dez razões para sintonizar o rádio em 2011.

Sinceramente... A equipe de O Globo se esforçou para apresentar um panorama do dial carioca, mas decepcionou, e muito. Mandei hoje para lá uma carta, que poderá (ou não) ser publicada no jornal amanhã:

De: "Marcelo Delfino"
Para: cartas@oglobo.com.br

Para a seção Cartas dos Leitores

A reportagem de hoje do Segundo Caderno ("Uma nova era do rádio") procurou dar um panorama do que se passa no atual dial carioca, mas deixou a desejar. O jabá ainda infesta mais da metade do dial, notadamente as rádios populares e as religiosas. Sem contar que não se pode classificar como "periferia" o "fânqui carioca" promovido por mega empresários do "fânqui" como Rômulo Costa e DJ Malboro. Faltou informar também futuros projetos, como a nova
Kiss FM Rio, que já tem outorga e só não está no ar por enfrentar resistências governamentais na instalação dos transmissores no Morro do Sumaré.

Além do que escrevi nesta carta, também cheguei a outras conclusões.

Logo após o título, a matéria vem com o subtítulo Passados o tempo dos jabás e a ameaça da internet, uma mudança qualitativa e quantitativa se faz notar nas ondas do 'dial', que apresentam um crescimento de 10% no número de ouvintes. A matéria já começou errada. Ok, a Internet pode até não ameaçar mais o rádio. Pelo contrário: está até servindo de plataforma para diálogo com os ouvintes e para busca de material para as programações. Mas o jabá continua imperando em praticamente todas as rádios populares, pop e religiosas do dial carioca, e mesmo algumas gagás contemporâneas. E ainda temos os jabás não musicais: o noticioso, o político e o esportivo.

Mudança qualitativa e quantitativa? Não há nem uma coisa nem outra. O que temos é o mesmo panorama dos anos 1990 e 2000: um monte de emissoras com programações risíveis ou lamentáveis (excetuando, talvez, as estatais Nacional AM, MEC AM, MEC FM e Roquette Pinto FM, além da MPB FM e da JB FM) e o dial sendo salvo por um outro programinha nas outras rádios. O que interessa são rádios que dê para sintonizar e ouvir o dia todo, sem precisar mudar de estação. E isso só é possível em rádios musicais, porque é um saco ouvir notícias repetidas 24 horas por dia nessas ouníus da vida.

Por fim, a matéria não anota nada sobre outro projeto, além da Kiss FM que citei na carta: o rádio AM e FM digital. Mas isso talvez não interesse tanto aos radiodifusores e mesmo a alguns radialistas. Afinal, em time que está ganhando não se mexe. O ouvinte é a parte que menos interessa a essa gente.

Mas acho que estou pedindo demais em querer que O Globo faça uma matéria excelente sobre o dial carioca. Afinal, o Sistema Globo de Rádio é concessionário da Beat 98 (sem comentários), da Rede Globo de Rádio (que trabalha para o país todo, menos pro Rio), da CBN (que faz desde 2005 o que a Globo AM passou a fazer no ano passado: repetir a mesma programação no AM e no FM, desperdiçando canais e contratando menos radialistas) e da Mundial AM 1180 (arrendada para uma dessas igrejolas que tem por aí).

Texto publicado originalmente ontem no Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Dono da Nativa FM Brasília nega envolvimento em esquema de favorecimento de propaganda e acusa Rede Nativa inteira de também receber verba do GDF

Agora até a totalidade de 11 emissoras das emissoras da Rede Nativa (incluindo a Nativa FM Rio de Janeiro) está sendo acusada por Toninho Pop (diretor da Nativa FM de Brasília) de também participar da farra com dinheiro público.

Assim é fácil fazer rádio. Principalmente esse tipo de rádio populista e jabazento que toca Música de Cabresto Brasileira 24 horas por dia.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Balas perdidas atingem vagão de trem no Rio de Janeiro

Realmente, o Rio está pacificado. Não é mesmo, Cabral Filho?

Fonte: O Dia.

Rio - Dois passageiros foram atingidos por balas perdidas dentro de trem da SuperVia na altura da Favela de Manguinhos, subúrbio do Rio, no início da noite de ontem. A composição chegava à estação do bairro no momento em que PMs trocavam tiros com traficantes na entrada da Favela de Manguinhos. As vítimas foram atendidas no Hospital Geral de Bonsucesso e não correm risco.


O tiroteio ocorreu por volta das 18h30, quando equipe do 22º BPM (Maré) perseguia dois rapazes suspeitos numa motocicleta. A dupla foi abordada na esquina das ruas Uranos e Capitão Bragança, mas o piloto acelerou em direção à favela e os policiais foram atrás. Perto de um acesso à comunidade, traficantes dispararam contra a viatura. Os PMs revidaram. Nenhum dos bandidos foi capturado, mas os policiais conseguiram deter os dois motoqueiros.


O trem ficou no meio do fogo cruzado. Funcionário do setor de inteligência da Marinha, o marinheiro Marcos Rocha, 24 anos, foi alvejado com tiro no braço e estilhaços no rosto. O outro passageiro, Jorgemar Meirelles Alves, 38, foi ferido no antebraço esquerdo. Segundo a SuperVia, o incidente não atrapalhou o tráfego no ramal de Saracuruna.


Os dois motoqueiros foram levados para a 21ª DP (Bonsucesso), mas não havia nada de irregular e eles foram qualificados como testemunhas no registro do caso.


Pastor foi vítima em 2010


Em 26 de fevereiro do ano passado, pastor evangélico foi baleado dentro de trem da SuperVia, na Estação Guilherme da Silveira, entre Padre Miguel e Bangu, durante tiroteio entre PMs e traficantes da Favela Vila Vintém, na Zona Oeste.


O tráfego entre as estações de Deodoro e Bangu ficou interrompido por 45 minutos, segundo a SuperVia. No confronto, um suposto bandido morreu.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A nova classe média e a juventude perdida

Resposta para Maurício Caleiro:

Gostei de sua análise a respeito desses jovens bebês reacionários que nasceram ontem e não sabem coisa alguma de coisa nenhuma (não viram nem o Governo FHC, que dirá os anteriores!). Mas talvez eles não sejam totalmente culpados por sua ignorância. O próprio Governo Lula é culpado também, mesmo sendo vítima desses reacionários, pois o ex-presidente deixou inalterado o quadro educacional no país, tanto no ensino público como no privado. As universidades e escolas formam consumidores e trabalhadores, mas não formam cidadãos. Daí a eficiente sedução do jornalismo neocon sobre essa juventude.

Só que essa juventude reacionária é insuficiente para representar alguma ameaça eleitoral ao Governo Lula-Dilma. A prova está no ano passado. Não houve Reinaldo Azevedo, Diogo Mainardi, Augusto Nunes, Arnaldo Jabor, blogueiro ou tuiteiro reacionário que ameaçasse a eleição de Dilma Rousseff ou catapultasse o Nosferatu paulista ao Palácio do Planalto. Nem gente da extrema direita, tipo Olavo de Carvalho, que se tem o mérito de rejeitar autenticamente o demo-tucanato e de ter sido demitido de jornais golpistas como O Globo, Zero Hora e Jornal do Brasil, é um sujeito que forja um "exílio político" muito conveniente (exílio em Washington DC é o máximo!) e ainda chama Adolf Hitler de socialista e esquerdista. É confiável alguém que se põe à direita de Hitler?

A verdadeira ameaça à sobrevida eleitoral do lulo-dilmo-petismo é essa nova classe média forjada durante a Era Lula. É uma nova classe média altamente individualista e conservadora, que acha o Governo Lula-Dilma o máximo só porque agora estuda com laptops em faculdades (que, como disse, formam consumidores e trabalhadores, mas não cidadãos), toma bebida de soja e tem TV de alta definição e computador em casa. Como se os esforços da classe trabalhadora não tivessem feito este país crescer e se desenvolver APESAR DO GOVERNO, não por causa dele. Quando perceberem a verdade e tomarem um espírito de corpo conservador, essa classe média é bem capaz de apunhalar o lulo-dilmo-petismo pelas costas, mandando um sonoro "foda-se" para o Governo. Essa classe média vai aderir ao primeiro projeto de poder conservador que aparecer para suplantar simultaneamente o lulo-dilmo-petismo e o finado demo-tucanato.

Se for um projeto nacionalista, ainda vá lá. Mas se for um projeto de ultradireita (dessa que se põe à direita do demo-tucanato) ou algum projeto personalista de algum lunático desses que tem por aí (inclusive alguns religiosos), o Brasil afundará mais ainda na velha máxima do "Brasil, um País de Tolos".

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Farei o que tu fizeste e não farás nunca mais

É esta a mensagem subliminar que os petistas mandam para os decadentes demo-tucanos em toda eleição presidencial. "Tá, vocês fizeram uma privataria generalizada neste país, mas não farão nunca mais. Agora é nossa vez".

Aí o povo otário, com medo da privataria demo-tucana, vai em massa teclar 13 e CONFIRMA nas urnas eletrônicas. Fizeram isso com o Nosferatu paulista. Inclusive alguns concurseiros. Podiam ter teclado qualquer número diferente do 13 e do 45, mas os mais fanáticos lulo-dilmistas te tacavam pedras só em levantar essa alternativa.

Só que os concursados da Infraero verão agora a dona Dilma abrir o capital da Infraero (eufemismo para uma privatização parcial) e, quem sabe, privatizar totalmente alguns aeroportos. Inclusive o Galeão, por sugestão do desgovernador Cabral Filho, que é obviamente da ala à direita dos aliados do Governo Federal, mais precisamente do PMDB.

Eu ainda vou gargalhar muito ao longo desses próximos 4 anos. E não sou só eu, que sou contrário à privataria. Alguns privatistas incondicionais também. Paciência... Quem mandou os otários elegerem a Dilma? Ainda verei muitos otários cortando os pulsos. Como diz o José Carlos: escondam as giletes!



A roubalheira da Copa 2014 e da Olim Piada 2016 está só começando.

Dilma Rousseff entregando aeroportos para empresas privadas parece o Cabral Filho e o Paespalhão entregando a educação e a saúde para as Organizações Sociais, OSs. É atestado de incomPTncia, mesmo.

Comentários de José Carlos em Prefeitura Rio de Janeiro:

Dilma vai privatizar novos terminais de aeroportos


Decisão inclui abertura de capital da Infraero e nova secretaria para o setor. Empresas aéreas podem construir e operar novos terminais em Guarulhos e Viracopos; concessão deverá ser de 20 anos


Valdo Cruz e Ana Flor, Folha de S. Paulo

A presidente Dilma Rousseff decidiu entregar à iniciativa privada a construção e a operação dos novos terminais dos aeroportos paulistas de Guarulhos e de Viracopos, dois dos principais do país.


A medida faz parte de pacote que será baixado por meio de medida provisória - talvez ainda neste mês.


O texto inclui também a abertura do capital da Infraero (estatal responsável pela administração do setor aeroportuário) (xiiiiiii) e a criação de uma secretaria ligada à Presidência da República para cuidar da aviação civil - como a Folha antecipou em 2010. (legal, vão tirar a aviação civil da mão dos milicos)

A equipe de Dilma já conversou com empresas como a TAM e Gol, que manifestaram interesse na construção e operação de novos terminais. O prazo da concessão deve ser de 20 anos.


O objetivo oficial do pacote é desafogar aeroportos que serão vitais para a Copa do Mundo de 2014. Assessores da presidente disseram à Folha que ela deu prazo de 15 dias para finalizar o texto.


Segundo a Infraero, o governo federal precisa investir R$ 5,5 bilhões nos aeroportos ligados às 12 sedes da Copa. A avaliação dentro do governo é que a estatal não terá condições técnicas para, sozinha, bancar esses projetos.


Durante o governo Lula, o ministro Nelson Jobim (Defesa) chegou a defender que a administração de todos os aeroportos fosse concedida à iniciativa privada.


A ideia foi rejeitada por Lula e pela então ministra Dilma (Casa Civil). Ambos temiam o rótulo de privatizantes -- o mesmo rótulo que o PT procurava impingir ao principal adversário na eleição, José Serra (PSDB).


Na Casa Civil, Dilma sempre dizia preferir abrir o capital da Infraero, para que esta pudesse captar recursos e aumentar a capacidade de investimentos.


No aeroporto de Guarulhos, o maior do país e principal centro de chegada de voos internacionais, o projeto da Infraero prevê R$ 1,2 bilhão de investimentos. A obra mais cara é a construção do terceiro terminal, orçada em R$ 700 milhões.


Em Viracopos (Campinas), os investimentos previstos são de R$ 742 milhões. O novo terminal deve consumir R$ 690 milhões.


BRASÍLIA


A Folha apurou que um novo terminal para o aeroporto de Brasília também poderá entrar no pacote.


A concessão dos terminais esvazia o plano de construtoras de construir um terceiro aeroporto nos arredores de São Paulo, em sociedade com as companhias aéreas.


Havia o temor no Planalto de que um terceiro aeroporto roubasse potenciais passageiros do trem-bala.


Já a nova Secretaria de Aviação Civil, ideia discutida na montagem da equipe de Dilma, vai retirar do Ministério da Defesa o controle sobre o setor, o que já está combinado com Jobim.
--------------------
PS1: Traidora!!! Vai entregar nossas riquezas a preço de banana. Os aeroportos são estratégicos. Entreguista!!! Fora Dilma!!!
PS2: Não é legal quando um esquerdóide vira liberal? O problema que isso nunca acontece por convicção e sim por incompetência mesmo. Como ela não sabe o que fazer para arrumar os aeroportos para a Copa, entrega para a inciativa privada resolver. Bom, melhor assim do que nunca.
PS3:Vou repetir: Escondam as gillettes.
PS4: Falando sério: Olê, olê, Olê, Olá...Dimá, Dilmá...Olê, olê, Olê, Olá...Dimá, Dilmá