Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Tchau, Oi!

Resposta para Coturno Noturno:

Neste mês de dezembro, finalmente me livrei dessa malfadada Oi. Aqui em casa tínhamos uma assinatura do telefone fixo dessa empresa, desde os tempos em que ela era a estatal Telerj (a famosa Telerda), que depois virou Telemar (a famosa Telemerda) e depois Oi. Por algum tempo, assinei também o serviço de banda larga Velox. Da banda larga não tenho muito a reclamar, mas da telefonia fixa, putz... Foram anos de ligações não feitas aparecendo na conta (maquiadas dentro das franquias) e de uma cobrança de assinatura, resquício do tempo em que as linhas telefônicas (na era do monopólio estatal) eram ainda "bens" a serem declarados no Imposto de Renda e que davam direito até a ações da Telerj. Só que nós adquirimos a linha do assinante anterior, que ficou com as ações. Nós ficamos com a malfadada assinatura.

Essa história dos favorecimentos do Governo Lula nos mercados de telefonia e de TV paga já são conhecidas nacionalmente.

Só que há histórias desconhecidas fora da antiga área de atuação da Oi, que ia do Norte, passava pelo Nordeste e acabava aqui no Rio de Janeiro. Histórias que sulistas como o Coturno talvez desconheçam. Uma delas é a fundação da malfadada rede de rádios Oi FM. Toda feita com uma programação gerada por computador e praticamente sem locutores, a Oi FM é uma rádio pop que opera apenas com rádios arrendadas que nasceu com o único objetivo de vender toques de celular para os usuários de telefones móveis Oi e para fazer com que os ouvintes "participassem" da programação mandando mensagens SMS.

Uma das rádios arrendadas pela Oi FM foi a histórica Rádio Cidade, pioneira FM carioca que é a inspiradora de várias rádios pop até hoje presentes em várias cidades brasileiras e também no exterior. Criei um blog cobrando a volta da Rádio Cidade: http://voltacidade.blogspot.com/.

Neste ano, já tinha mudado de operadora de banda larga, e no último dia 21 me desfiz da assinatura de telefone fixo da Oi. Agora sou cliente de uma empresa que prefiro deixar no anonimato, porque não sou pago para fazer propaganda dela.

Tchau, Oi!

5 comentários:

  1. Amigo tu é feliz por ter a opção de mudar de operadora, já eu estou acorrentado a esta porcaria. Teno duas opções: OI ou OI. Acredite, aqui onde moro a internet discada dá show na OI banda larga em termos de conexão. A discada cai muito menos pena que é lenta. Para fazer um downlod de 30Mb as vezes tenho que fazer 20 ou mais tentativas para chegar ao final sem cair e ter de começar tudo do zero.

    ResponderExcluir
  2. Eu mesmo não paro de ser prejudicado por essa merda de OI: cobranças indevidas, ligações que não se completem, etc.

    Mas a vingança pelo mau serviço já começou a aparecer, na forma de um incêndio em Salvador que prejudicou TODA a telefonia fixa na região. Eu mesmo não consegui ligar para parentes meus de lá.

    Leia o link:
    http://g1.globo.com/brasil/noticia/2010/12/incendio-atinge-predio-da-operadora-oi-na-bahia.html

    Eu ainda vou dar adeus a OI.

    ResponderExcluir
  3. Marcelo,
    Ai tem a GVT por que você não muda pra ela? Eu mesmo tnha muito problemas com a oi com relação a internet e telefonia. Hoje estou com uma operadora cujo os acionistas são os principais agentes do PIGolpista. O que pagava a Oi hoje eu tenho em triplo em serviços como TV a cabo, internet rápida e telefone.

    ResponderExcluir
  4. Aqui não tem GVT. Eu assino quem presta o melhor serviço. Por isso que mudei pra outra. Agora tou levando um pacote completo de Internet estável, telefone fixo e pacote completo de TV, por menos do que eu pagava antes para as duas operadoras juntas.

    ResponderExcluir
  5. Marcelo,
    Eu não estava me referindo a voce, mas ao seu xará Marcelo Pereira. La, a GVT ja esta presente. Feliz ano novo!

    ResponderExcluir