Política, cultura e generalidades

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

PHA, do Partido da Imprensa Governista, quer mais impostos

Resposta para a conversa fiada:

Ô, amigos. Não levem a sério o que sai no blog dos amigos cumpanhêro do Homem. Menos ainda se for reproduzido no blog do autor da expressão Partido da Imprensa Golpista que trabalha para o Partido da Imprensa Governista, tal como o patrão Bispo Macedo.

Eu trabalho na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro desde 2003, e nesses anos todos não vi os larápios aplicarem os recursos da CPMF na Saúde. Se não aplicavam antes, continuam não aplicando nada e não aplicarão um tostão a mais quando meterem a mão de novo.

Aliás, até parece que as migalhas que pagava em CPMF do meu salário contado fazem ou farão falta para os larápios.

Corrigindo: trabalho na Secretaria Municipal de Saúde do Rio desde 2002, não 2003. E entrei por concurso. Político nenhum me indicou.

Resposta para a comunidade Prefeitura Rio de Janeiro:

Quando havia CPMF, alguém aí algum dia viu o dinheiro da CPMF chegar no seu local de trabalho (se for da SMSDC) ou no contracheque?

Aliás, o dinheiro não entrava na minha conta. Saía. A CPMF aparecia bonitinha como débito da conta corrente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário