Política, cultura e generalidades

domingo, 26 de dezembro de 2010

Cartola tucano-flamenguista leva rasteira de cartola governista da CBF

Patrícia Amorim é uma lástima como vereadora tucana e uma lástima como cartola flamenguista. Devia deixar o Flamengo em paz e tentar cumprir com honra os dois anos que restam do mandato de vereadora, porque os outros dois já foram.

É irônico que uma tucana leve uma rasteira de Ricardo Teixeira, cartola governista (pois é aliado do Governo Federal). Até no futebol os tucanos levam surra do PT.

Fonte: Tribuna da Imprensa.

domingo, 26 de dezembro de 2010 | 06:05


A Nação Rubro-negra responde à CBF


Helio Fernandes


Depois de 20 anos, Ricardo Teixeira resolve “unificar” títulos de campeão de futebol. Só o Flamengo saiu perdendo. Protestou, Ricardo Teixeira respondeu: “O Flamengo perdeu uma ação na Justiça, não posso desrespeitar essa decisão, PODERIA SER PRESO”.


Em cima do laço, a Nação Rubro-negra apresenta seu protesto, e atinge de forma fundamental, o passado, o presente e o futuro de Ricardo Teixeira: “Não se justifica o temor do senhor Ricardo Teixeira de ser preso, Se vier a ser, não será certamente por causa do Flamengo”. Nota MIL.


A PROPÓSITO DE TEIXEIRA E PELÉ


Ficaram anos e anos brigados, irreconciliáveis, Pelé mostrava seu amor à verdade, só chamava o presidente da CBF de “C-O-R-R-U-P-T-O”. Nem mais nem menos. Só que Teixeira “replicava”, não convidava Pelé para nada, aqui ou pela FIFA, onde Teixeira também manda.


Esse “ostracismo”, sem poder mostrar e exercitar seu exibicionismo, Pelé não agüentou. Fizeram entendimentos através de prepostos ou porta-vozes, se encontraram. “Parece que foi ontem”, disseram os dois saudosistas do nada. E Pelé ainda falou: “Nunca estivemos brigados, a imprensa é que falsificou tudo, criou a inimizade que nunca existiu”.


***


PS – Esse é o Pelé de 70 anos, felizmente 35 dentro do campo. Esses ninguém esquece. Nos outros 35, Pelé não quer ser esquecido, se reconcilia até com quem chamou de C-O-R-R-U-P-T-O.


wil
dezembro 26th, 2010 at 6:13


Esses ídolos de barro fazem parte da triste história desse país. Hoje, Pelé se abraça com o corrupto Teixeira, ontem, Lula fazia cafuné em Sarney, a quem já chamou de ladrão. Tanto Lulla quanto Pelé são camaleões palanqueiros. Deveriam ser presos pelo CONAN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário