Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

PSDB e DEM afundaram a direita. Direita fisiológica afundará a esquerda

Eu já disse que o DEM (ex-UDN, ex-Arena, ex-PFL) e o PSDB são o passado. Agora estão nos livros de História, devidamente aposentados. Apenas o Partido da Imprensa Golpista herdou o legado deles. Mesmo sem ter registro no TSE.

O presente é o PT. Mas não o futuro, que é o nacionalismo. Então, o que afundará o PT e a esquerda como um todo?

A convivência amistosa da esquerda brasileira com a direita fisiológica (PMDB à frente) se encarregará do serviço. Uma das bombas que estourarão no colo da presidenta Dilma Rousseff: o desperdício, os superfaturamentos, as propinas e as fraudes proporcionadas por esse negócio bilionário que será a Copa 2014. Não adiantará botar a culpa no demo-tucanismo sepultado lááá em 2002.

Haverá também o caso de alguns estádios que serão construídos para a Copa: o Estádio Nacional de Brasília, o Verdão de Cuiabá, a Arena Amazônia (Manaus) e a Arena das Dunas (Natal). Nenhuma dessas cidades tem times de futebol ou de qualquer outro esporte capaz de lotar os estádios após a Copa 2014. Esses estádios estão predestinados a ficarem vazios pela eternidade. O problema também deverá atingir a Arena Pernambuco, pois os três grandes times de Recife (Sport, Náutico e Santa Cruz) já tem seus próprios estádios. Não devem querer aumentar as despesas, mandando seus jogos para o novo elefante branco de Recife.

A imprensa governista (do PiG, Partido da Imprensa Governista) está proibida de mostrar a ociosidade dos estádios sul-africanos construídos para a Copa 2010. Para que a população brasileira não veja o seu futuro.

E ainda vem Olim Piada por aí... Mais desperdício, mais superfaturamentos, mais propinas, mais fraudes e mais instalações predestinadas à ociosidade.

Outro ponto que quero realçar é que o governismo nunca assume culpa de nada. Se alguém das hostes governistas faz bobagens, vão logo catando algum traço de demo-tucanismo no passado do sujeito. É o que fazem hoje com o ex-tucano, hoje peemedebista e prefeito Eduardo Paes. Se o cara acerta, é porque trabalha em conjunto com os governos federal do PT e estadual de Sérgio Cabral Filho. Se o cara erra, é porque ainda age como um neoliberal tucano, que saiu do PSDB mas o PSDB não saiu dele. Fazem isso hoje também com o neo socialista Jaime Lerner, egresso da Arena e do PFL.

Quem se alia à direita fisiológica, tem que herdar os bônus mas também os ônus da promiscuidade política.

Os governistas também esquecem a natureza reacionária de boa parte dos coronéis regionais dos partidos da direita fisiológica governista. Os nomes dispensam apresentações.

Eu sinceramente gostaria que a Copa e as Olimpíadas transcorressem sem os episódios lamentáveis que estou prevendo. Mas eu não nasci ontem. Pelo menos os eventos afundarão a esquerda e a direita fisiológicas, e as convicções dos que ainda defendem essa gente.

Um comentário:

  1. A oposição apenas institucional não será suficiente para impedir a eternização do petismo no poder. Não podemos nos limitar apenas ao confronto eleitoral, terceirizando para pessoas não confiáveis a defesa dos nossos direitos. Nós que não concordamos com o avanço esquerdista sobre as nossas vidas não podemos nos omitir e deixar que apenas a minoria no congresso se oponha. Até porque muitos deles seguem a mesma cartilha. Vários membros da oposição já deixaram isto claro. Na defesa da cpmf a declaração favorável do poste sem luz mineiro anastasia, cria e cúmplice do aécio; o deputado federal tucano otávio leite fez questão de deixa bem claro que não é de direita e nunca será; o comunista roberto freire foi ainda mais longe ao assumir que o pps deve fazer oposição à dilma pela esquerda.

    http://vermelhosnao.blogspot.com

    ResponderExcluir