Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Último debate entre Dilma e Serra na TV Globo não poderá ultrapassar a meia-noite

Farão perguntas até sobre o funcionalismo público? Acabarão convencendo de que ambos são inimigos da categoria.

José Serra é da turma que achata salários, privatiza empresas estratégicas e promove o Estado Mínimo, que só admite como seus os serviços de Polícia, Justiça e Receita (arrecadação de impostos).

Dilma Rousseff é da turma do Estado Máximo, que quer se meter em tudo. Mas só quer nomear apadrinhados, de preferência com a carteirinha do Partido.

Fonte: O Globo.

Publicada em 29/10/2010 às 15h27m
O Globo


RIO - Os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) se encontram nesta sexta-feira no último debate do segundo turno das eleições, promovido pela TV Globo. O embate será após a novela "Passione" e os candidatos responderão a perguntas elaboradas por eleitores indecisos que estarão na plateia. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) só permitiu que o debate seja realizado nesta sexta-feira desde que o programa não ultrapasse a hora limite da lei eleitoral que é meia-noite.


De acordo com o calendário eleitoral, o dia 27 é o último dia permitido para a realização de debates entre os candidatos. Segundo a TV Globo, o debate terá início por volta das 22h20 e deverá ter aproximadamente 2h40, para a exposição das propostas dos candidatos, considerando ainda eventuais pedidos de direitos de resposta a serem solicitados e concedidos pela emissora.


Site do Globo fará cobertura do debate em tempo real


O debate terá cobertura em tempo real pelo site especial Eleições 2010 (oglobo.globo.com/eleicoes2010), de o GLOBO. A página também contará com reportagens sobre os bastidores do confronto e resumos de cada bloco do debate. Os internautas poderão postar, durante o embate, comentários expressando opiniões sobre o desempenhos dos candidatos. Durante a cobertura, o internauta também terá a oportunidade de apontar os momentos mais "quentes" e "frios" do embate entre Dilma e Serra, através do termômetro, ferramenta que permite aos usuários escolher as melhores e as piores situações do encontro.


Após o debate dos presidenciáveis, um gráfico será gerado e identificará o tempo exato dos pontos altos e baixos do encontro e os principais temas abordados pelos candidatos. No confronto, a petista e o tucano vão responder a perguntas feitas por eleitores indecisos que estarão na plateia.


Escolha de indecisos foi promovida pelo Ibope

O debate desta sexta-feira na TV Globo terá três blocos. Um sorteio definirá o candidato que responderá à primeira pergunta. Ele, então, sorteará o eleitor indeciso, que terá 30 segundos para ler seu questionamento. O candidato vai ter dois minutos para a resposta, com dois minutos de réplica e mais dois para a tréplica. Após o fim do terceiro bloco do debate, os presidenciáveis farão as considerações finais.


A seleção dos participantes foi feita pelo Ibope em diferentes estados. De acordo com a emissora, cada eleitor vai elaborar cinco perguntas - individualmente e por escrito - escolhendo temas definidos pela produção: saúde, educação, meio ambiente, políticas sociais, previdência, infraestrutura, política econômica, agricultura, saneamento, política externa, corrupção, transportes, desemprego, segurança, habitação, funcionalismo público, impostos, legislação trabalhista e energia. A produção do debate selecionará as 12 perguntas mais representativas sobre cada tema proposto.

Um comentário:

  1. Muitos padres e pastores ergueram corajosamente sua voz para denunciar a Cultura de Morte do governo. Vamos também nós fazer o que estiver ao nosso alcance!

    O site >>> www ponto ABORTOnaoPTnao ponto com <<< é uma FERRAMENTA que nos ajuda a deixar descoberta a Verdade sobre como o atual governo está tentando implantar a Cultura de Morte no Brasil. O site tem um histórico de notícias, é simples de acessar e fácil de divulgar!

    Ajude a divulgar escrevendo uma postagem no seu blog e enviando e-mails para seus amigos! Mostrar a Verdade sobre o que o atual governo está fazendo em relação ao aborto é um ato de Amor com os brasileiros.

    Alguns "fatos", não "boatos", a serem conferidos no site:

    * UM DIA DEPOIS do primeiro turno, Ministério da Saúde continua projeto: "Estudo e Pesquisa - DESPENALIZAR o Aborto no Brasil"
    * Como pré-candidata, Dilma ALTERA radicalmente discurso sobre aborto e fé
    * Dilma diz que é um absurdo que não haja a DESCRIMINALIZAÇÃO do aborto no Brasil
    * Dilma defende "atendimento PÚBLICO para quem estiver em condições de fazer o aborto ou querendo fazer o aborto"
    * Igreja chama Lula de "novo Herodes" devido a DECRETO pela legalização do aborto
    * Ministério da Saúde financia filme pró-aborto
    * PT PUNE deputados por serem contra o aborto

    "Se algum padre ou algum bispo pretende ser prudente e guardar o silêncio, eu não guardarei, porque não quero entrar para história como os bispos que covardemente não levantaram a voz quando Hitler começou a governar a Alemanha em 1933." (Pe. Paulo Ricardo, sobre o PNDH-3)

    "Porque se a gente se calar, as pedras vão falar. E vai ser ... uma vergonha muito grande se as pedras falarem porque os cristãos não se pronunciam." (Padre José Augusto, sobre o PT na Canção Nova)

    "Não podemos nos calar!" (Dom Aldo Pagotto, sobre a Cultura de Morte no governo)

    "Aquele que conhece a Verdade e não a proclama é um covarde miserável e não um cristão." - São Pio V

    ResponderExcluir