Política, cultura e generalidades

terça-feira, 19 de outubro de 2010

A patada do PT na Igreja, depois que a CNB do B criou o PT

Quero ver o que Alessandro Molon acha deste texto.

Font: PT + 20 Anos no Poder.

A igreja é contra o PT, vamos combatê-la!


18 out


O PT não pode se calar diante da onda de calúnias que tem surgido contra a candidatura de Dilma Rousseff nestas eleições.


A direita reacionária usa aquela mesma parcela da Igreja Católica que apoiou o golpe de 64 para espalhar boatos sobre as posições do nosso partido e de nossa candidata. Não iremos nos calar diante de calúnias ditas por padres suspeitos de servir a interesses escusos de nossos adversários.


Precisamos salvar o Brasil do atraso, e fazer a defesa enfática de um Estado laico, que só será possível com a eleição de Dilma Rousseff. A Igreja é que deve se submeter ao Estado, e não o contrário. Este caminho já foi traçado pelo companheiro Hugo Chávez na Venezuela: depois de sofrer uma campanha sórdida como a que estamos sofrendo agora, decretou a laicidade do Estado, e agora é o governo venezuelano que controla sua própria Igreja.


O PT já está processando a Diocese de Guarulhos (SP) por conta da tentativa de interferir no processo eleitoral, mandando imprimir panfletos que denigrem nosso partido e nossa candidata. Não podemos permitir esse tipo de abuso, e faremos o combate de todas as maneiras possíveis. Precisamos continuar pressionando o comando do partido, dito moderado, para que continue defedendo os valores que historicamente são bandeiras do PT.


Nós acreditamos na liberdade religiosa, desde que a fé não seja usado como instrumento de dominação da vontade do povo por parte do Vaticano, como vemos acontecer desde as Cruzadas. Pesquisem o histórico dos chamados sacerdotes que se opõem ao PT e tentam manipular a opinião pública contra nós. Está claro que D. Paulo já não tem mais a capacidade de liderar sua Igreja, e uma intervenção se mostra cada vez mais necessária. Temos que agir para que lideranças progressistas, como Leonardo Boff, ganhem espaço na hierarquia católica. Do que a Igreja Católica tem tanto medo? Será da nossa proposta de incluir padres na CPI da Pedofilia?

Enquanto isso, estão dando pití no PT de São Paulo. "Não fomos nós! Não fomos nós!".

Fonte: PT - Diretório Estadual de São Paulo:

Leia nota do PT-SP repudiando email atribuído ao partido em ataque à Igreja Católica


O panfleto eletrônico afirma estar vinculado a um blog anônimo chamando a militância petista a protestos contra a igreja. O PT pediu investigação do email e do blog para verificar a origem das mensagens:


Por Leandro Rodrigues
Terça-feira, 19 de outubro de 2010


NOTA DE ESCLARECIMENTO


O presidente do PT do estado de São Paulo, Edinho Silva, em nome do Diretório Estadual PT-SP, vem a público comunicar que a assessoria jurídica do Partido está representando na Justiça Eleitoral e no Ministério Público, além de registrar Boletim de Ocorrência, contra e-mail que circula na rede usando o nome do partido para atacar a Igreja Católica, pessoas e práticas religiosas. A mensagem é assinada por um blog falso, que se identifica como vinculado ao PT.


A Assessoria Jurídica da Campanha Dilma Presidente foi acionada para também tomar as medidas judiciais cabíveis.


A origem de tais mensagens é desconhecida e desautorizada pela direção do Partido. O PT-SP salienta que, além de não endossar esse tipo de conteúdo, repudia a propagação de quaisquer ataques pessoais ou direcionados a instituições religiosas, crenças ou práticas religiosas individuais.


Esse é mais um dos episódios da campanha disseminada no submundo do atual processo eleitoral que tem por objetivo atacar o PT e a imagem da candidata Dilma. Para nós, esse fato tem vínculo direto com todos os demais com intuito de propagar mentiras, calúnias e disseminar o ódio no atual processo eleitoral.


No que se refere aos materiais divulgados por setores da Igreja Católica, o PT considera o episódio superado com a manifestação da Regional Sul 1 da CNBB no último sábado em Itaici/SP. O Partido dos Trabalhadores tem muitos dos seus filiados assumidos como católicos e tem atuação cotidiana na vida da Igreja. O PT, que sempre teve relação harmoniosa e respeitosa com todas as religiões, continuará pautando a sua atuação pela convivência democrática e respeitando a diversidade cultural e étnica do povo brasileiro.


O PT continuará denunciando e exigindo providências legais contra aqueles que escolheram as trevas em vez da luz da democracia; que escolheram a mentira e os ataques pessoais em vez do debate de projetos e de propostas para o Brasil. Nós continuamos com a nossa convicção de que tais práticas não devem prosperar porque elas alimentam uma cultura de disputa política contraditória com a tradição pacífica e ética do povo brasileiro.


Edinho Silva
Presidente do PT-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário